Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prontos para a sabatina

Presidente Lula indica três novos ministros para o TST

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva indicou os três novos ministros do Tribunal Superior do Trabalho. São eles: Pedro Paulo Teixeira Manus, vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo; Paulo Eizo Ono, juiz do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná; e Guilherme Caputo, juiz do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso.

Antes da efetiva nomeação, os três passam por uma sabatina no Senado Federal. As vagas foram abertas por conta do aumento do número de ministros do TST, de 21 para 27, conforme previsto pela Emenda Constitucional 45. Restam, ainda, outras três vagas a serem preenchidas.

Quando houve votação no Plenário do TST para a composição da lista quíntupla, o juiz Walmir Oliveira da Costa (TRT-PA) foi o que recebeu mais votos. No entanto, o fato não foi considerado na indicação feita pelo presidente Lula.

Em seguida, os ministros escolheram os juízes Guilherme Caputo Bastos (TRT-MT), com 18 votos, e Pedro Paulo Teixeira Manus (TRT-SP), com 13 votos. Na ocasião, o juiz Fernando Eizo Ono (TRT-PR) recebeu 11 votos.

Revista Consultor Jurídico, 19 de julho de 2007, 16h52

Comentários de leitores

1 comentário

Os indicados devem ter a lissura e ética necess...

Bira (Industrial)

Os indicados devem ter a lissura e ética necessários ao cargo. Em hipótese alguma pode coexistir uma divida em relação a indicação.

Comentários encerrados em 27/07/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.