Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto na advocacia

OAB-RS perde dois dirigentes no acidente com avião da TAM

Dois dirigentes da OAB gaúcha estavam a bordo do vôo 3054 da TAM que explodiu ao tentar pousar, nesta terça-feira (17/8), no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Viajavam a serviço da entidade os presidentes da Comissão Especial de Precatórios, Paulo de Tarso Dresch da Silveira e o da Comissão de Direito Esportivo, Paulo Rogério Amoretty. Também estava no avião o filho do ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Néri da Silveira, Paulo Tarso.

Dresch iria participar nesta quarta-feira (18/7), às 11h30, do lançamento do Movimento Nacional contra o Calote Público, que seria realizado na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). A Federação cancelou o evento.

O presidente nacional da OAB, Cezar Britto, lamentou a morte dos dois advogados e lembrou que ambos tinham uma extensa folha de serviços prestadas em prol da advocacia. “E lamentável a perda dos dois dirigentes da OAB gaúcha em um acidente que demonstra a total incapacidade profissional daqueles que são pagos com dinheiro público para dirigir o setor aéreo no país”, afirmou.

O presidente da OAB do Rio Grande do Sul, Cláudio Lamachia, também se mostrou solidário com a perda dos dirigentes da entidade. “É lamentável perder dois colegas em um acidente que já estava anunciado há muito tempo. A advocacia gaúcha esta de luto, assim como toda a cidadania brasileira”, disse.

A Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) também divulgou nota lamentando o acidente. A colisão vitimou o procurador Regional do Trabalho aposentado Paulo Rogério Amoretty de Souza.

Leia íntegra da nota

A Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), entidade que congrega os Membros do Ministério Público do Trabalho de todo o país, vem a público manifestar solidariedade às famílias das vítimas do trágico acidente que envolveu o vôo JJ 3054 da TAM no Aeroporto de Congonhas-SP.

O fatídico acidente vitimou também o Procurador Regional do Trabalho aposentado Paulo Rogério Amoretty de Souza, consternando toda a família do Ministério Público do Trabalho.

A Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), ao tempo em que reitera solidariedade às famílias das vítimas, em especial à do nosso Associado, exige a rápida apuração das causas do acidente, com as reparações devidas, bem como a execução imediata de medidas pelas autoridades competentes para afastar o ambiente de insegurança e intranqüilidade que envolve o tráfego aéreo nacional.

Brasília, 18 de julho de 2007.

Sebastião Vieira Caixeta

Presidente

Revista Consultor Jurídico, 18 de julho de 2007, 11h29

Comentários de leitores

8 comentários

Primeiro é momento de se solidarizar com a dor ...

Ramiro. (Advogado Autônomo)

Primeiro é momento de se solidarizar com a dor das famílias dos mortos. Segundo momento, é inevitável a percepção de que anos de esforços, estudos, e mais que isto, talento, talentos quando prontos e formados, são ceifados. Terceiro momento, chegerá mais uma vez de se perguntar por que acontece de maneira repetitiva. Enquanto não houver a instauração do DANO MORAL PUNITIVO, muitas famílias irão ainda chorar, por que o "empreendorismo" contabiliza centavos economizados em mais horas de vôo e menos "gastos" com manutenção e treinamento. Em aviação ninguém pode alegar ingenuidade ou imprevisibilidade de caso fortuito em sua defesa, pois quem está no ramo sabe que lida com vidas humanas, e estas vidas costumam ser uma elite intelectual e não apenas financeira.

No redemoinho da dor, com que o sortilégio do c...

Luís da Velosa (Bacharel)

No redemoinho da dor, com que o sortilégio do cotidiano nos surpreende, solidarizamo-nos, eu e minha família, aliados à Ordem dos Advogados do Brasil-OAB, com a família dos colegas Dr. Paulo de Tarso Dresch da Silveira e Dr. Paulo Rogério Amoretty.

Oito coisas que acho notáveis no Brasil ...

Robespierre (Outros)

Oito coisas que acho notáveis no Brasil 1) A capacidade que certos indivíduos tem de expressarem a sua necrofilia e morbidez 2) A capacidade que certa mídia corporativa tem de expressar a sua necrofilia e morbidez 3) O uso da necrofilia e da morbidez como armas políticas 4) O uso da necrofilia e da morbidez como armas eleitorais 5) A súbita socialização dos conhecimentos aeronáuticos em nosso meio 6) A súbita socialização dos conhecimentos aeroportuários em nosso meio 7) A súbita socialização dos conhecimentos aviônicos em nosso meio 8) A crescente horizontalização da canalhice em nosso meio por Cristóvão Feil

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 26/07/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.