Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cadeira na USP

Virgílio Afonso é novo titular de Direito Constitucional da USP

Aos 34 anos, Virgílio Afonso da Silva foi escolhido como o mais novo titular da cadeira de Direito Constitucional da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Ele foi escolhido por três dos cinco membros da banca e vai ocupar a vaga de Manoel Gonçalves Ferreira Filho, que se aposentou depois de 30 anos na cadeira.

Para alcançar seu objetivo, Virgílio apresentou a aula intitulada O conteúdo essencial dos direitos fundamentais e a eficácia das normas constitucionais para os examinadores.

Passou também pelos questionamentos dos cinco membros da banca: os professores Maria Sylvia Zanella Di Pietro (USP), Vicente Greco Filho (USP), Ricardo Lobo Torres (UERJ), Luís Roberto Barroso (UERJ) e Clémerson Merlin Clève (UFPR). Cada um teve 30 minutos para fazer perguntas e ele 30 minutos para respondê-las.

Virgílio concorreu com Elival da Silva Ramos, que foi procurador-geral do estado de São Paulo; Sérgio Resende de Barros, mineiro, bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo e Administração pela Universidade Mackenzie e professor; e Gilberto Bercovici, que teve a sua formação feita no Largo São Francisco e dá aulas de Direito Econômico.

Virgílio é poliglota. Fala bem alemão, francês, inglês e italiano. Foi graduado e fez mestrado no Largo São Francisco. Entre 1999 e 2002, morou na Alemanha para concluir o seu doutorado em Direito Constitucional. Dois anos depois, se tornou livre-docente, defendendo a tese A constitucionalização do direito: os direitos fundamentais nas relações entre particulares.

Atualmente, dá aulas na USP e desenvolve vários projetos de pesquisa. Ele também é coordenador da área de Direito da Fapesp — Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Ainda não há data certa para a posse, que só depende da aprovação da reitoria da Universidade.

Visite o blog Consultor Jurídico nas Eleições 2006.

Revista Consultor Jurídico, 16 de setembro de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/09/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.