Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bomba jurídica

Exame de Ordem reprova 82% dos bacharéis no Maranhão

Foi de 82% o índice de reprovação na primeira fase do Exame de Ordem no estado do Maranhão. Dos 527 bacharéis em Direito inscritos, apenas 94 conseguiram se habilitar para a segunda etapa do exame, que será feito no próximo dia 17.

O índice de reprovação é o mais alto já registrado no estado. Nem o índice de reprovados nas duas fases do exame em provas anteriores se aproximou desse percentual.

O maior número de reprovados está entre os bacharéis egressos das faculdades particulares maranhenses. Dos 94 candidatos aprovados para a segunda etapa, cerca de 80% são da UFMA — Universidade Federal do Maranhão. O curso de Direito da UFMA é o único no Maranhão que recebeu o Selo de Qualidade da OAB por duas vezes consecutivas.

Revista Consultor Jurídico, 7 de setembro de 2006, 7h00

Comentários de leitores

2 comentários

De fato, no Estado do Maranhão é alto o índice ...

Karlla Thaíse (Advogado Associado a Escritório)

De fato, no Estado do Maranhão é alto o índice de pessoas que cursam Direito, e válido e moralizador é o exame da OAB. No entanto, deve-se ressaltar que a UFMA forma turmas que têm em média 30 alunos por ano, ao passo que as faculdades particulares jogam no mercado de trabalho centenas de bacharéis semestralmente. Assim, é evidente que o índice de aprovação da universidade pública é maior, mas não por mérito, convenhamos... Universidade nunca fez profissionais, eles é que se fazem por si mesmos! Verdade seja dita!

No Maranhão, o curso de Direito virou farinha s...

Gini (Servidor)

No Maranhão, o curso de Direito virou farinha seca, todo mundo agora "faz Direito". Gente que nem sequer de longe tem a mínima vocação, enche a boca e diz: "Estou cursando Direito". Ainda bem que existe a prova da OAB para dar uma limpada nessa enxurrada de farinheiros.

Comentários encerrados em 15/09/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.