Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Judiciário e imprensa

Justiça Federal da 5ª Região debate relação com imprensa

Serão encerradas nesta segunda-feira (6/3) à noite as inscrições gratuitas para o Fórum Nacional de Debates Judiciário e Imprensa e para o Encontro Nacional dos Assessores de Comunicação da Justiça Federal. Os eventos serão nos dias 9 e 10 de março, no Salão do Pleno do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife. As inscrições podem ser feitas pela internet e na página inicial do Portal da Justiça Federal.

Na conferência de abertura do Fórum de Debates, às 9h, o presidente do Superior Tribunal de Justiça e do Conselho da Justiça Federal, ministro Edson Vidigal, vai fazer uma análise das relações entre a imprensa e o Judiciário.

Segundo o presidente do TRF-5, desembargador federal Francisco Cavalcanti, o Fórum de Debates é uma iniciativa do Tribunal para tentar aproximar a Justiça Federal da 5ª Região da mídia e da sociedade. O evento tem o patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Em cada um dos cinco painéis haverá um mediador e três debatedores para os respectivos temas. No primeiro painel, o jornalista Márcio Chaer, editor-chefe da revista Consultor Jurídico, vai mediar o debate sobre um assunto polêmico: Judiciário e Imprensa: como um vê o outro. Na mesa de debates estarão reunidos o desembargador federal do TRF-5 Paulo Gadelha, a cientista política e pós-doutora da Universidade de São Paulo, Maria Tereza Sadek e o jornalista Luiz Carlos Ferrari, editor-executivo do Diário de Pernambuco.

No segundo painel, A Indústria dos Danos Morais, a jornalista Virgínia Queiroz, editora do Jornal Hoje (Rede Globo), em São Paulo, mediará o debate entre o desembargador federal do TRF-5 e jornalista Lázaro Guimarães, o juiz federal Roberto Wanderley, da 1ª Vara Federal em Pernambuco, o jornalista Ivanildo Sampaio e o diretor de Redação do Jornal do Commercio.

Em seguida, às 15h, a jornalista Jacqueline Araújo, da TV Tribuna, mediará o debate sobre Até que ponto o Judiciário pode informar o que a Imprensa quer saber. Na mesa de discussões, estarão o desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco e jornalista Og Marques Fernandes, o advogado e jornalista Arthur Carvalho e o jornalista Sérgio Amaral, chefe da Comunicação Social do Supremo Tribunal Federal.

Às 16h45 terá início o quarto painel A linguagem jurídica e sua dificuldade de compreensão, sob a mediação da jornalista Graça Araújo, da TV Jornal. Na mesa de debates, a desembargadora federal Margarida Cantarelli, diretora da Escola de Magistratura Federal da 5ª Região, o juiz federal Manoel Erhardt, da 3ª Vara Federal em Pernambuco, e a professora de Linguagem Jurídica da Universidade de Sorocaba, Hélide Campos.

Na sexta-feira (10/3), a partir das 9h, a jornalista Jô Mazzarollo, editora-regional da Rede Globo Nordeste, vai mediar o painel O papel da Justiça Federal no combate à lavagem de dinheiro e o crescente interesse da mídia. Na mesa de debates estarão o desembargador federal do TRF-5 José Baptista de Almeida Filho, o juiz federal Sérgio Fernando Moro, da 2ª Vara Federal Criminal de Curitiba (PR), e a jornalista Josilene Barbosa, editora-executiva da Folha de Pernambuco. Às 10h45, o jornalista Francisco José, da Rede Globo, faz a palestra de encerramento.

O evento será aberto ao público e a entrada é gratuita. Só é necessário fazer inscrições quem quiser receber o certificado de participação. Após o Fórum Nacional de Debates, será feito no mesmo local, no dia 10 de março à tarde, o Encontro Nacional dos Assessores de Comunicação da Justiça Federal. Este encontro tem o objetivo de fortalecer a integração entre as instituições da Justiça Federal por intermédio das assessorias de imprensa e das atividades voltadas à comunicação institucional.

Além dos assessores de comunicação da Justiça Federal, estão convidados a participar do encontro os assessores de comunicação dos demais órgãos do Poder Judiciário e do Ministério Público, além dos juízes federais interessados, sobretudo os diretores de Foro. O encontro conta com a participação especial dos assessores de comunicação do Superior Tribunal de Justiça, Supremo Tribunal Federal, Tribunal Superior do Trabalho, Tribunal Superior Eleitoral e do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, entidade que reúne os assessores de comunicação de todos os órgãos ligados à Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 6 de março de 2006, 17h14

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/03/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.