Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Títulos de capitalização

Controladores do Papatudo devem ser julgados nesta quarta

Quatro administradores da Interunion Capitalização, empresa que controlava os títulos de capitalização Papatudo, devem ser julgados nesta quarta-feira (12/7). O julgamento está marcado para às 13 horas no Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

O Ministério Público Federal encaminhou parecer ao TRF-2 pela manutenção da condenação criminal de Artur Falk, Pedro Góes, Marcílio Teixeira Marinho Filho e Antônio Carlos de Souza Bandeira. Os quatro foram condenados em primeira instância por gestão fraudulenta e crimes financeiros: Artur Falk, a 14 anos e quatro meses de prisão, e os demais acusados, a 10 anos e dois meses. O TRF-2 julga na quarta o recurso dos acusados.

O MPF sustenta que os réus causaram prejuízos não só ao sistema financeiro nacional, mas, principalmente, a milhões de investidores em todo o território nacional, que adquiriram os títulos Papatudo.

De acordo com os autos, o prejuízo está calculado em R$ 248 milhões, correspondentes a mais de 128 milhões de cartelas de Papatudo, que não puderam ser resgatados nas datas respectivas, além de vários prêmios que não foram entregues aos ganhadores, totalizando quase R$ 2,8 milhões. Esses valores são de 31 de dezembro de 2002. Ainda cabem juros e correção monetária.

Processo: 1999.51.01.046687-7

Revista Consultor Jurídico, 12 de julho de 2006, 7h00

Comentários de leitores

1 comentário

Os Titulos de Capitalização são o estelionato r...

EmersonLNR (Economista)

Os Titulos de Capitalização são o estelionato regulamentado pelo estado. Os TC são vendidos como uma forma de poupança mas na verdade são uma loteria. O consumidor sai prejudicado. A propaganda na midia e enganosa e o poder regulador da Susep e vergonhoso e trabalha "aparentemente" a favor dos interesses das instituições bancarias e seguradoras.

Comentários encerrados em 20/07/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.