Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto na advocacia

Morre o advogado paulista Ricardo Alvarenga Trípoli

Morreu na sexta-feira (17/2) o advogado Ricardo Alvarenga Trípoli. Ele tinha 80 anos e era presidente do Conselho Estadual do Idoso, assessor especial para a Terceira Idade do prefeito de São Paulo, José Serra.

Alvarenga Trípoli foi enterrado no cemitério São Paulo (Rua Cardeal Arco Verde, 1217). Ele deixa quatro filhos: Roberto Trípoli, presidente da Câmara de Vereadores de São Paulo, Ricardo, deputado estadual, Rubens e Reinaldo.

No dia 11 de fevereiro, morreu o advogado Nicolau Tuma. Formado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em 1931, Tuma leu na rádio Record de São Paulo a declaração inicial da Revolução Constitucionalista de 9 de Julho de 1932 e continuou lendo os boletins revolucionários paulistas.

Em 1945, participou da campanha pela redemocratização do país. Foi deputado federal por três mandatos e ministro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. Destacou-se na elaboração do primeiro Código Nacional de Trânsito e do primeiro Código Brasileiro de Telecomunicações.

Também morreu o advogado Maurício Leite de Toledo, na quinta-feira (16/2), em Araçatuba. Toledo era reitor da Universidade Toledo de Araçatuba.

Revista Consultor Jurídico, 23 de fevereiro de 2006, 15h42

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/03/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.