Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleições da OAB

Atheniense: “não houve renúncia, mas falta de adesões”

Aristóteles Atheniense não é candidato a presidente da OAB, mas não renunciou à candidatura, simplesmente porque ela não chegou a ser lançada. O esclarecimento foi prestado pelo próprio Atheniense, em mensagem enviada ao Consultor Jurídico nesta quarta-feira (13/12).

Na terça-feira (12/12) este site noticiou que, diante da renúncia de Atheniense à sua candidatura, o próximo presidente da Ordem será o sergipano Cézar Britto. “No meu caso, o que houve foi insuficiência de adesões ao pedido de registro, por parte das seções estaduais, e não mera desistência ou receio de prosseguir na campanha, que vinha desenvolvendo com absoluta lealdade ao adversário, esperando que o pleito transcorresse com absoluta normalidade,” diz Atheniense na mensagem.

Leia a nota de Atheniense

Senhor Diretor:

Tendo esse site divulgado, em data de ontem, notícia atribuindo-me a versão de que não mais iria disputar a presidência do Conselho Federal da OAB, rogo-lhe proceder a imediata retificação daquele informe, que sugere a verificação de uma renúncia que não chegou a ocorrer.

A acolhida de um nome para aquele elevado cargo fica na dependência da obtenção de um número de adesões, estabelecido em norma interna da OAB.

Aqueles que não satisfizerem essa exigência, obviamente, não poderão sequer cogitar do registro de sua chapa.

No meu caso, o que houve foi insuficiência de adesões ao pedido de registro, por parte das Seções estaduais, e não mera desistência ou receio de prosseguir na campanha, que vinha desenvolvendo com absoluta lealdade ao adversário, esperando que o pleito transcorresse com absoluta normalidade.

Tenho 21 anos de atividade em nossa instituição, havendo sido presidente de Minas Gerais em duas ocasiões, além de tornar-me secretário-geral da administração do presidente Batochio e, mais tarde, vice-presidente nacional, o que ainda acontece, inobstante a impossibilidade de levar adiante a minha proposta de candidato.

Renovo-lhe, pois, o pedido de incontinenti retificação da notícia, para que não pairem dúvidas quanto ao que realmente ocorreu.

Cordialmente,

Aristoteles Atheniense.

Revista Consultor Jurídico, 13 de dezembro de 2006, 16h44

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.