Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sustentação oral

Advogados querem direito de permanecer sentados em julgamentos

A Aasp -- Associação dos Advogados de São Paulo quer que os advogados possam sentar-se mesmo em julgamentos em que exista sustentação oral. A entidade encaminhou ofício ao presidente do Superior Tribunal de Justiça, Edson Vidigal, nesta terça-feira (8/3).

A associação alega que o Estatuto da Advocacia garante ao advogado o direito de permanecer sentado, inclusive durante julgamentos de segunda instância. A Aasp argumenta que há julgamentos muito longos em que o advogado é obrigado a ficar em pé, sem o mínimo conforto. As informações são do site do STJ.

A associação requer, assim, uma cadeira para o púlpito em que as sustentações orais são feitas para os advogados acompanharem os julgamentos sentados. O pedido será apreciado pelo ministro.

Revista Consultor Jurídico, 8 de março de 2005, 17h27

Comentários de leitores

4 comentários

Prezado Antonio Cesar de Souza, Acredito não...

Solamento (Bacharel - Comercial)

Prezado Antonio Cesar de Souza, Acredito não ser "bobeira", a sociedade moderna, não suporta mais estes tipos de costumes e tradições. Sejamos compreensiveis e igualitários, vamos avançar e tentar acompanhar esta modernidade, sem perder o respeito.

A Aasp está trilhando no caminho certo. Parabén...

Geraldo Lopes (Advogado Autônomo - Trabalhista)

A Aasp está trilhando no caminho certo. Parabéns. Sou absolutamente favorável à medida, principalmente nos dias atuais em que tudo indica há certo interesse em excluir o advogado do tripé da justiça. Há que se fazer valer o princípio da igualdade entre advogado, promotor e juiz, sem qualquer conotação de hierarquia. pois não há previsão legal. A lei está acima da tradiçaõ.

Isso é uma bobeira. As sustenções orais são fei...

Antonio Cesar de Souza (Procurador Autárquico)

Isso é uma bobeira. As sustenções orais são feitas assim há anos. Ou melhor, desde o século passado. É tradição.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 16/03/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.