Consultor Jurídico

Acesso rápido

Sistema interligará base de dados de cartórios do país

No prazo de dois anos todos os serviços de cartórios, como registros de certidões, estarão interligados. A previsão é da Anoreg — Associação Nacional dos Notários e Registradores, entidade que reúne os 18 mil cartórios do país. A entidade assinou convênio nesta quarta-feira (22/6) com o governo para implantar um sistema que permita interligar a base de dados dos cartórios. As informações são da Agência Brasil.

Segundo o secretário de Logística e Tecnologia da Informação do ministério do Planejamento, Rogério Santana, a interligação trará uma economia de cerca de 1% do Produto Interno Bruto do país.

Além da questão financeira, vários órgãos deverão se beneficiar da interligação para ter informações como a evolução patrimonial de um contribuinte, que facilita a fiscalização da Receita Federal. O ministério da Previdência também terá conhecimento dos casos de morte em tempo real, podendo providenciar, com mais rapidez, o fim do pagamento do benefício ou sua transferência aos sucessores.

O sistema de troca de dados estará em teste nos próximos três meses no estado de São Paulo, onde existem 1,5 mil cartórios: 96% deles informatizados.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 22 de junho de 2005, 21h19

Comentários de leitores

1 comentário

Esta providência é de gramde importância , além...

Julius Cesar (Bacharel)

Esta providência é de gramde importância , além de desburocratizar o serviço público, agiliza o recebimento de dados sobre o controle dos cartórios. Que este serviço entre logo em atividade.

Comentários encerrados em 30/06/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.