Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Time dos sonhos

IDP alia infra-estrutura com corpo docente de primeira linha

Imagine a comissão técnica da seleção de futebol formada por Wanderlei Luxemburgo, Luis Felipe Scolari, Carlos Alberto Parreira e Mário Jorge Zagallo. Agora, tente encontrar um time similar a esse na área jurídica.

Para mais de 5 mil profissionais do Direito -- entre advogados, promotores e juízes -- que já freqüentaram os cursos do Instituto Brasiliense de Direito Público [IDP ] esta equipe de sonhos existe. Entre os professores do ministro, contam-se ministros do Supremo Tribunal Federal como Carlos Veloso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Nelson Jobim e Moreira Alves, juristas do quilate de Arnoldo Wald, Celso Lafer, Ives Gandra Martins, Manoel Gonçalves Ferreira Filho, além de ministros dos Tribunais Superiores.

O instituto ministra cursos de atualização, cursos avançados de Direito e há três anos tornou-se uma das poucas entidades de ensino não vinculadas a universidades que dispõem de registro no Ministério da Educação para ministrar cursos de pós-graduação Lato Sensu.

“Não é sem motivo que o material de divulgação do IDP sempre registra o convite: ‘Venha estudar com quem faz a doutrina e a jurisprudência no Brasil’. O IDP tem-se transformado na cátedra dos principais responsáveis pela formação do direito vivo entre nós”, afirma o professor de Direito Constitucional da Escola Superior do Ministério Público do Distrito Federal, Paulo Gonet.

Cursos

Para 2005, duas novidades ganham destaque na grade de cursos do IDP. A primeira, será a aplicação de um curso de pós-graduação via satélite (Leia reportagem “Aqui do lado”)

A segunda novidade é o curso de formação para jovens promissores em Direito. Trata-se do I Curso de Formação em Teoria Geral do Direito Público. O curso tem 50 vagas e mais de 200 inscritos, que serão submetidos a uma prova de seleção. Podem se inscrever até 18 de fevereiro estudantes de graduação em Direito. O curso é gratuito.

Já estão abertas também as inscrições para o 4º curso de pós-graduação em Direito Público e para o 2º curso de pós-graduação em Direito Tributário.

Reconhecimento

Para Alexandre Goldenberg, formado na turma de 2003, “a postura ideológica do IDP retrata a sua missão institucional de restabelecer um ensino de qualidade com pleno respeito às opiniões contrárias, o que enseja proveitosos debates”.

Órgãos públicos costumam incentivar os integrantes dos seus quadros jurídicos a freqüentar os cursos do IDP. “Foi por incentivo do Procurador-Geral Julio Rebello Horta que resolvi fazer o curso de especialização em Direito Público”, afirma Erley de Oliveira Silva, do grupo de formandos de 2004.

Segundo ele, “os cursos oferecidos pelo IDP são importantes porque, além de possuir uma infra-estrutura fantástica, acolhedora e uma equipe técnica bastante preparada, o instituto possui um corpo docente com os mais renomados e conceituados professores”.

Os alunos da pós-graduação do IDP têm acesso às bibliotecas do Senado e do Supremo Tribunal Federal, onde podem retirar livros para consulta fora do Tribunal. Os trabalhos dos alunos podem também ser publicados na revista Direito Público, editado pelo instituto em parceria com a IOB-Thomson.

Para Cláudia Perotto Biagi, ex-aluna do curso de pós-graduação Lato Sensu em Direito Público, a infra-estrutura aliada a excelência do ensino mostra uma “proposta realmente compromissada com o crescimento intelectual dos alunos”.

Serviço

A sede do IDP fica na Península dos Ministros, Lago Sul, em Brasília. Mais informações sobre cursos ou inscrições podem ser obtidas pelo telefone (61) 364-0011, pelo e-mail idp@idp.org.br ou pelo site www.idp.org.br.

Revista Consultor Jurídico, 18 de janeiro de 2005, 19h50

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/01/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.