Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Boa imagem

OAB paulista lidera pesquisa como entidade mais confiável

A OAB paulista é a entidade com mais autoridade para convocar uma manifestação ou passeata. Isso é o que aponta pesquisa feita pelo instituto Toledo & Associados. A pesquisa foi feita entre os dias 13 e 14 de agosto na capital paulista, para a Associação Comercial de São Paulo, com o objetivo de medir a percepção da população da cidade sobre a crise política, casos de corrupção e manifestações para exigir apuração dos fatos.

A pesquisa ouviu 500 moradores de São Paulo. Do total, 67% deles acreditam que a Ordem tem mais prestígio e autoridade moral para convocar e liderar manifestações. Em seguida estão: Associação Brasileira de Imprensa (com 64%), Força Sindical (59%), Fiesp (58%), Associação Comercial de São Paulo (53%), Igreja Católica (51%), CUT (48%) e entidades evangélicas (46%).

A pesquisa também perguntou aos entrevistados se eles tomaram conhecimento das acusações de corrupção no governo e 95% disseram que sim. Destes, 83% afirmaram acreditar que existe corrupção no governo. Outros 59% acreditam que o presidente Lula sabia dos fatos que caracterizam corrupção e 35% crêem que o presidente está envolvido nos casos de corrupção.

Para o presidente da seccional paulista, Luiz Flávio Borges D’ Urso, “o resultado deixa claro que a população de São Paulo reconhece o histórico de lutas em defesa da democracia, da ética e a cidadania da Ordem dos Advogados do Brasil, confiando à nossa entidade o papel de porta-voz das demandas da sociedade”.

OAB paulista participa da Manifestação Pública contra a Corrupção, marcada para o dia 6 de setembro, em São Paulo, proposta pela Força Sindical, integrante do Movimento pela Legalidade, Contra o Arbítrio e a Corrupção, composto também por outras entidades representativas da sociedade civil.

Revista Consultor Jurídico, 17 de agosto de 2005, 18h42

Comentários de leitores

1 comentário

Prezados Tenho algumas restrições quanto ao re...

Funabashi (Engenheiro)

Prezados Tenho algumas restrições quanto ao resultado dessa pesquisa, não querendo dizer que não foi confiável, porém ocorreu um caso bastante desagradável comigo na última prova 126 da OAB, da qual sou portador de perda auditiva e utilizo aparelhos, tendo na oportunidade avisado aos fiscais na entrada da sala quanto a minha deficiência, mesmo assim fui discriminado, e depois de muita humilhação na frente de todos acabei por fazer a prova. Encaminhei uma carta ao Exmo. Dr. Presidente da OAB_SP, e até hoje nem sequer recebi uma simples linha a respeito do ocorrido, mas acredito que são coisas da vida. Acredito mesmo assim na confiabilidade da instituição OAB, mas acredito que precisem melhorar a comunicação.

Comentários encerrados em 25/08/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.