Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mercado jurídico

Quem são os advogados criminalistas que atuam nas CPIs

Por 

Não chega a ser um novo ramo do direito, e representa um nicho mínimo de mercado. Mas as Comissões Parlamentares estão se tornando a mais vistosa vitrine para advogados, especialmente os criminalistas. Algumas centenas de renomados profissionais do Direito tem ativa participação nos interrogatórios de deputados, ex-ministros e secretárias, nas investigações de mensalões e afins, com direito a transmissão direta pela TV e repercussão geral nos jornais do dia seguinte. Veja a lista:

CPI dos Bingos

— Ricardo Sayeg e Raimundo Hermes Barbosa, advogado de Carlinhos Cachoeira, empresário do jogo

— Luiz Guilherme Vieira, advogado de Waldomiro Diniz, ex-assessor parlamentar da Casa Civil

— José Alcides Montes Filho, advogado da empresa GTech

— Adelino Carvalho Tucunduva Junior, advogado de Messias Antonio Ribeiro Neto, empresário do jogo.

CPI dos Correios e do Mensalão

— Arnaldo Malheiros, advogado de Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT e Silvio Pereira ex-secretário-geral do partido.

— Marcelo Leonardo, advogado do empresário de publicidade e suposto mentor do mensalão, Marcos Valério

— Rui Caldas Pimenta, advogado da secretária de Marcos Valério, Fernanda Karina Sommagio

— Paulo Sérgio de Abreu e Silva, advogado da diretora financeira da agência de publicidade, Simone Vasconcelos

— José Luís de Oliveira Lima, advogado de José Dirceu

— Luiz Francisco Corrêa Barbosa, advogado de Roberto Jefferson

— Sérgio Bermudes, advogado do banco BMG.

— José Carlos Dias, advogado do Banco Rural

— Mário de Oliveira Filho , advogado de Henrique Pizzolato, ex-diretor do Banco do Brasil e conselheiro do fundo Previ

— Alexandre Senigalia Camilo Pinto, advogado de José Adalberto Vieira da Silva, o homem da cueca milionária.

Novo desembargador

O juiz da 14ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, Marcus Henrique Pinto Basílio foi escolhido, por merecimento, para ser o novo desembargador do Tribunal de Justiça da capital carioca. Depois de tomar posse na segunda-feira (1/8), ele ocupa agora a vaga do desembargador Jorge Uchôa de Mendonça,que se aposentou recentemente.

Basílio atua na área criminal há 17 anos desde que foi nomeado juiz de direito de 1ª Entrância em Araruama, em 1987. Em 1989, tornou-se juiz da 2ª Entrância, na Vara Criminal de Magé. Em 1991 foi transferido para a 5ª Vara Criminal de Niterói.

Procuradores no Senado

A Anpaf — Associação Nacional dos Procuradores Federais se reuniu com a bancada gaúcha no gabinete do senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS), em Brasília, na quarta-feira (3/8), para discutir a unificação das carreiras jurídicas e a retirada da Medida Provisória 258, que institui a criação da Super-Receita. Estiveram presentes no debate o presidente da Anpaf, Roberto Giffoni, o senador Zambiasi, atual líder da bancada, os deputados Alceu Collares (PDT-RS), Yeda Crusius (PSDB-RS), Onix Lorenzoni (PFL-RS), entre outros.

Brasil na França

O escritório de advocacia Koury Lopes Advogados apoiou o projeto cultural L´univers de la littérature de Cordel, que fará parte da programação especial do “Ano do Brasil na França”.

De acordo com o advogado Benny Spiewak, que esteve à frente do projeto “é a primeira iniciativa de patrocínio cultural do KLA e, certamente, não será a última, pois o escritório apóia todas as atividades e projetos que ressaltem os traços culturais do Brasil”


 é repórter do jornal DCI.

Revista Consultor Jurídico, 9 de agosto de 2005, 18h38

Comentários de leitores

6 comentários

Amigo Chiquinho Lobo! Perguntar se o Helio pod...

Paulo Henrique M. de Oliveira - Criminalista (Advogado Autônomo - Criminal)

Amigo Chiquinho Lobo! Perguntar se o Helio pode promover uma festa é o mesmo que indagar se macaco quer banana. Ele gosta e conhece do ofício. Estive recentemente numa festa junina em seu sítio (o qual já foi sede de campo da ACRIMESP, lembra?). Desnecessário dizer que lembranças agradabilíssimas daquela nossa época me percorreram a mente, inclusive a do saudoso Paradinha cantando Nervos de Aço, pensando naquela nossa colega loira, devidamente acompanhado por mim ao violão. Acho que somos os últimos românticos da advocacia, viu, Chiquinho. Vou agitar o fim de tarde com o Helio. Abração.

Olá Paulo Henrique, boa lembrança a do Hélio Bi...

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Olá Paulo Henrique, boa lembrança a do Hélio Bialski. Por sinal, o que achas de o dito cujo nos convidar (e pagar a conta, claro) para um final de tarde (ele não pode mais atravessar a noite, pela condição do vovô) regada a escocês e outras especialidades? Aliás, bem que o Helião poderia promover um daqueles seus eventos, memoráveis encontros de criminalistas, onde o que mais se contava era mentira. Lembra de quantas namoradas o Dalmo Bordezan tinha? E as causas milionárias do Carlos? E o Paradinha cantando boleros? E o Carvalho Pinto? Há muitas outras queridas figurinhas... Bem, se depender do Hélio, banquete para cem pessoas é pouco. Agita lá Paulinho!

“Conscientemente defendi uma série de homens cu...

Alfredo Gioielli (Advogado Sócio de Escritório - Tributária)

“Conscientemente defendi uma série de homens culpados. Mas os culpados nunca escapam impunemente. Meus honorários são uma excelente punição para qualquer um.” (F. Lee Bailey – A defesa não Para – O maior criminalista Americano e suas defesas emocionantes)

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 17/08/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.