Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Limpeza geral

Câmara dos Deputados ganha frente de combate à corrupção

Será lançada a Frente Parlamentar de Combate à Corrupção na quarta-feira à tarde (28/1). A frente já conta com a adesão de 124 deputados de vários partidos.

Um dos articuladores do grupo, o deputado Paulo Rubem Santiago (PT-PE), defende que é preciso uma ação enérgica para desmontar o sistema de corrupção instalado hoje no Brasil, que atinge todas as esferas da administração pública.

Santiago estima que menos de 10% dos responsáveis por atos de corrupção devolvem o dinheiro desviado aos cofres públicos.

Ranking da Corrupção

De acordo com a ONG internacional Transparência, o Brasil ocupa a 45ª posição no ranking da entidade sobre os países mais corruptos do mundo, e recebe nota quatro em uma escala de pontuação de zero a dez. No levantamento, são considerados pouco corruptos apenas os países com nota superior a sete.

A organização aponta a corrupção como um dos maiores obstáculos para um País atrair investimentos estrangeiros, criar empregos e reduzir a pobreza. (Agência Câmara)

Revista Consultor Jurídico, 26 de janeiro de 2004, 17h16

Comentários de leitores

3 comentários

Tal frente parlamentar já faria um serviço ines...

Daniel Henrique Ferreira e Silva (Outros)

Tal frente parlamentar já faria um serviço inestimável à sociedade se conseguisse acabar com a corrupção dentro do próprio Congresso Nacional. Poderia, por exemplo, abrir processo de cassação contra todos os deputados e senadores que confiscam parte dos salários dos funcionários de seus gabinetes. Ou que usam o auxílio-moradia para aumentar seus patrimônios adquirindo flats em Brasília, por exemplo, como noticiado pela revista Veja há algum tempo. Ou então exigindo de volta todo o dinheiro gasto com combustível de viaturas oficiais utilizadas com fins particulares. Ou então, exigir a devolução dos valores de passagens e diárias gastos por deputados e senadores que viajam com fins particulares e declaram que tais viagens foram atividades do exercício parlamentar. Por favor senhores parlamentares, chega de hipocrisia!

Creio que esta Frente Parlamentar de Combate à ...

Hudson Fabio da Silva Paula ()

Creio que esta Frente Parlamentar de Combate à Corrupção surgirá com bastante trabalho por fazer, podendo iniciar suas atividades, por exemplo, com a investigação e punição das denúncias apontadas no Fantástico (programa dominical da Rede Globo), pelo qual o Gabinete da Vice Presidência da República teria se utilizado da sua influência para fazer ser aprovado um candidato em um concurso de médico em hospital do Rio de Janeiro que é neto de um ex-sócio do José Alencar. Parece ser obrigatória a investigação daqueles que realmente se envolveram no caso, para que possam ser punidos, ainda que entre eles esteja o nosso Vice Presidente ...

Esses parlamentares ( dEputados e sEnadores), p...

Eduardo Câmara ()

Esses parlamentares ( dEputados e sEnadores), precisam , ANTES DE MAIS NADA é criar vergonha na cara e acabar com essas Convocações Extraordinárias do congresso nacional, verdadeiro ASSALTO ao contribuinte brasileiro, uma forma criminosa que os Presidentes da REpública de agradar políticos com o dinheiro suado do contribuinte brasileiro. Éssa atual Convocação, que literalmente vai jogar no lixo cerca de R$ 50 milhões do contribuinte brasileiro foi tachade de "escândalo" pelo Presidente da Câmara dos Deputados. Além de jogar dinheiro no ralo serve para demonstrar como esses indivíduos são cínicos e hipócritas, especialmente um certo DEputado tido como médico , do Nordeste, objeto de denúncias de que praticava trabalho escravo em sua fazenda. Disse na TV que era contra mas que iria receber os R$ 25 mil porque era CONSTITUCIONAL. Ora, cadê a PEC para acabar com essa imoralidade?

Comentários encerrados em 03/02/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.