Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mais segurança

TJ gaúcho instala detectores de metais em suas portas

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul e a Comarca de Porto Alegre começam as atividades de 2004 com reforço em seu sistema de segurança. Aproveitando a redução do movimento de pessoal no início do ano, detectores de metais já estão funcionando no hall de entrada dos prédios do TJ-RS, do Foro Central e dos Foros Regionais, em Porto Alegre. O equipamento também será instalado nas principais Comarcas do Interior.

O Chefe de Segurança do TJ-RS, major Jairo Martins, destaca o caráter preventivo da medida e ressalta que as portas atuam como "agentes inibidores de delitos". Como o mecanismo verifica a existência de objetos metálicos, dificulta a entrada nas dependências do Poder de pessoas portando armas de fogo ou cortantes. Ao passar pelos detectores, é necessário retirar os utensílios de metal, como, por exemplo, chaves e telefones celulares.

A implantação do equipamento, iniciada na última sexta-feira (2/1), integra-se nos esforços para reforçar o sistema de segurança do Poder Judiciário gaúcho. Em 2003, na gestão do desembargador José Eugênio Tedesco à frente do TJ-RS, houve um aumento da guarda nas Comarcas do Interior do Estado, prevendo um contingente de 325 Policias Militares.

Na capital, o quadro abrange 170 guardas de segurança distribuídos entre 14 prédios. Além do reforço nos recursos humanos, a administração providenciou a utilização de alarmes nos foros do interior, que são monitorados pelo sistema de segurança do TJ-RS, e a instalação de um circuito fechado de TV, nos prédios do Tribunal e do Foro Central. Segundo o major, não houve registro de nenhuma espécie de delito, tanto na capital quanto no interior. (TJ-RS)

Revista Consultor Jurídico, 5 de janeiro de 2004, 18h07

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/01/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.