Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ação social

Projeto Justiça no Bairro já atendeu 20 mil pessoas no Paraná

Divórcio, pensão alimentícia, investigação de paternidade. Essas e outras questões de Direito de Família podem ser resolvidas no programa “Justiça no Bairro”, que já levou atendimento judicial a 20 mil pessoas desde 2003, quando a Prefeitura de Curitiba e o Tribunal de Justiça do Paraná uniram-se para criar o mutirão.

O atendimento é feito por voluntários que são estudantes de Direito. O objetivo é atender famílias que convivem com pendências jurídicas, que não são resolvidas por falta de dinheiro, tempo ou informação. Qualquer pessoa pode ir até a Rua da Cidadania, unidades descentralizadas da prefeitura que oferecem todos os serviços públicos municipais na periferia da cidade no dia do evento, das 8h às 17h.

Nos três primeiros meses de 2004, foram atendidas quatro mil pessoas nas Ruas da Cidadania dos bairros Novo, Boqueirão, Cajuru e Boa Vista. Neste sábado (17/4), o projeto chega à Santa Felicidade, ao lado do terminal de ônibus do bairro.

Os interessados devem levar os documentos corretos para garantir a solução rápida e gratuita dos processos. Para saber quais documentos são necessários em cada caso, basta procurar os núcleos regionais da Fundação de Ação Social (FAS) que ficam nas Ruas da Cidadania. (Secretaria Municipal de Comunicação Social de Curitiba)

Revista Consultor Jurídico, 15 de abril de 2004, 18h13

Comentários de leitores

1 comentário

Outra coisa boa que fizeram e acredito não ter ...

Carlos Henrique ()

Outra coisa boa que fizeram e acredito não ter vindo a conhecimento: "Paraná sentença em dia." Juizes de comarcas onde estão com o serviço em dia recebem processos de comarcas sobrecarregadas e assim dividindo e agilizando o serviço.

Comentários encerrados em 23/04/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.