Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vaga no STF

Juízes federais criam lista com 30 nomes para "eleger" substituto de Teori

Enquanto o Planalto estuda para escolher um novo ministro do Supremo Tribunal Federal, a Associação de Juízes Federais do Brasil (Ajufe) decidiu enviar uma lista tríplice ao presidente Michel Temer. A entidade de classe acha que o presidente deveria se ater aos três nomes por ela indicados, embora a Constituição Federal diga que o cargo é de livre nomeação do presidente entre pessoas de "notável saber jurídico" e "reputação ilibada".

A associação publicou nesta quinta-feira (26/1), em seu site, uma lista com 30 nomes para serem votados pelos juízes federais. A relação tem até desembargadora aposentada, além, é claro, do juiz mais citado pelos noticiários atualmente: Sergio Moro.

*Texto atualizado às 21h18 do dia 26 de janeiro de 2017.

Revista Consultor Jurídico, 26 de janeiro de 2017, 18h38

Comentários de leitores

5 comentários

Iludido - Advogado autônomo

Iludido (Advogado Autônomo - Civil)

Não tem jeito. Ou existem pessoas muito ousadas, inocentes ou maldosas ou então, com parentalha no cio. O concurso público poderia ser a melhor saída, mas como se encontra, salve-se quem puder! Mas, a dúvida já foi tirada: Isto, é componente do pecado mortal que passarás para sua salvação e ou perdição de outros. Frase profética: JAMAIS FICARÁS LIVRE DA CORRUPÇÃO e outros males ENQUANTO VIVO, POIS É SEU VESTIBULAR PARA UMA DAS MORADAS DO CRIADOR.( bíblico) Portanto, aguarde, a fila anda rápida..

Não é a hora do juiz moro!

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

A crise de liderança no Brasil é tão extraordinária, que são os Magistrados "as saídas" que o POVO está encontrando. A meu ver, no entanto, NÃO PODE e NÃO DEVE ser assim. O Magistrado NÃO TEM o PERFIL e a FORMAÇÃO de que o BRASIL precisa. Precisamos INTRANSIGENTEMENTE do JUIZ MORO, em Curitiba, fazendo o que ele está fazendo e LIDERANDO os MOVIMENTOS de RECONSTITUIÇÃO e RETOMADA da ÉTICA. Precisamos do JUIZ BRETAS, no Rio de Janeiro, fazendo o que ele está fazendo, na luta para DESMONTAR a QUADRILHA que DOMINOU o RIO de JANEIRO e sua economia há muitos anos. Uma parte das diversas quadrilhas já foi identificada e está sendo desmontada. Mas gostaria muito de ver desmontado o GRUPO POLÍTICO que, sediado na Cidade que teve ELETRICIDADE em primeiro lugar no Brasil, quem sabe, pelos fios antigos que lá foram instalados, pudesse LEVAR um CHOQUE duro, dramático que FIZESSE DESMONTAR a estrutura que acabou por colocar uma "pá de cal" na retomada do desenvolvimento da indústria ferroviária do Brasil, quando decidiu que os melhores trens para nós eram aqueles vindos da Coreia. Lembro que, por muito tempo, quem foi visto para a presidência da república era o Ministro Joaquim Barbosa. Típico estudioso, bom para a Magistratura, para o Judiciário, talvez. Mas sem qualquer qualificação para um cargo de presidente da república. E demonstração de seu temperamento "trumperiano" tivemos em algumas oportunidades, inclusive no trato com os Advogados. Faltam-nos lideranças para a presidência. Faltam-nos Cidadãos para esse encargo. Eu até diria, se o conhecesse nos dias de hoje, quando me parece que se tornou muito "rempli de soit même", que o Sr. Carlos Ghosn, exitoso na atividade privada, poderia ser um cogitado. Mas não sei! Precisava dar provas!

MINISTRO ou RELATOR? Quem deve ser indicado?

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Esta é o paradoxo em que estamos. O DD. Ministro Zavascky faleceu. O equilibrado Relator do Lava-Jato faleceu. Quem precisamos que seja indicado? __ Um Ministro ou um Relator? __ A meu ver, pelo momento em que o País vive, precisamos mais de um Relator - Ministro do que um Ministro - Relator. Mas, por que? __ Porque, lamentavelmente, o LAVA-JATO está na 2a. Turma, que reúne, infelizmente, os Ministros mais sintonizados e simpatizantes daqueles que provocaram a crise que o Brasil vive. Além do mais, pelo comportamento que tiveram durante o julgamento do MENSALÃO, três Ministros não merecem e não terão a simpatia e o equilíbrio que o POVO, o Cidadão brasileiro gostaria de ter de um Ministro - Relator. Não digo os nomes, porque ainda sou um IDEALISTA, frustrado, sem dúvida, mas IDEALISTA. E sei que vou queimar a língua, por ser um IDEALISTA. Mas, que vou fazer? __ Tenho Amigos e Colegas que pensam, seriamente, que, tendo o Lava-Jato, por sorteio, um Relator que se identifique com um dos Ministros comprometidos com aqueles que DESTRUÍRAM o PAÍS, e estão DESQUALIFICANDO e DESCONSTITUINDO a ÉTICA, porque já deveriam ter se dado por SUSPEITOS HÁ MUITO TEMPO, o CIDADÃO BRASILEIRO dará um BASTA! __ E a DEMOCRACIA brasileira restará, apenas, como uma página ESCURA, sem luz, manchada, nos livros da HISTÓRIA. Mas eles acham que o BASTA será, sim, definitivo, e, também, um MARCO do RESTATE da MORAL e da ÉTICA, hoje destruída. Ao final do BASTA aqueles Ministros não poderão mais ocupar o cargo que ocupam, e voltarão a ser Advogados, quem sabe, retomando a advocacia que tinham, antes de serem alçados a Ministros.
Eu NÃO TENHO elementos para chegar a esta conclusão. Seja porque me faltam contatos, seja porque sou, ainda, um IDEALISTA!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 03/02/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.