Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fim dos trabalhos

Seções do STJ divulgam balanço anual de produtividade

As três seções especializadas do Superior Tribunal de Justiça encerraram seus trabalhos de 2016 nesta semana com a divulgação das estatísticas de produtividade.

A 1ª Seção, especializada em direito público encerrou o ano com 6.278 processos distribuídos e 8.932 julgados. Desse número, 7.704 foram julgados monocraticamente e 1.228 pelo colegiado. A seção publicou 1.112 acórdãos e baixou 4.882 processos à origem ao longo do ano.

O colegiado é composto pelos ministros Herman Benjamin (presidente), Francisco Falcão, Napoleão Nunes Maia Filho, Og Fernandes, Mauro Campbell Marques, Benedito Gonçalves, Assusete Magalhães, Sérgio Kukina, Regina Helena Costa e Gurgel de Faria.

A 2ª Seção julgou mais de 17 mil processos ao longo de 2016. Ao todo, foram 9.874 decisões monocráticas e 7.636 processos julgados pelo colegiado (dados apurados até 13 de dezembro). O número de julgados é superior ao de processos distribuídos à seção no período (4.852), o que demonstra uma redução significativa no estoque.

“São números expressivos, que retratam os esforços de todos nós que atuamos na Segunda Seção, ministros, membros do Ministério Público e servidores”, afirmou o ministro Raul Araújo, presidente da seção.

Em 2016, os ministros afetaram 23 processos para a sistemática de recursos repetitivos e julgaram 15, além de aprovarem oito súmulas e cancelarem outra. Atualmente, a seção, especializada em direito privado, tem 5.733 processos em tramitação. Em 2016, foram baixados 6.708 processos.

A seção é composta pelos ministros Raul Araújo, Nancy Andrighi, Luis Felipe Salomão, Paulo de Tarso Sanseverino, Isabel Gallotti, Antonio Carlos Ferreira, Villas Bôas Cueva, Marco Buzzi, Marco Aurélio Bellizze e Moura Ribeiro.

A 3ª Seção do STJ, especializada em matéria penal, fez sua última sessão de 2016 na quarta-feira (14/12). Em 2016 foram distribuídos 1.231 processos, sendo 458 julgados em sessão. Ao todo, foram publicados 445 acórdãos e baixados 1.803 processos.

O colegiado é composto pelos ministros Sebastião Reis Júnior (presidente), Felix Fischer, Maria Thereza de Assis Moura, Jorge Mussi, Rogerio Schietti Cruz, Nefi Cordeiro, Reynaldo Soares da Fonseca, Ribeiro Dantas, Antonio Saldanha Palheiro e Joel Ilan Paciornik. Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

Revista Consultor Jurídico, 17 de dezembro de 2016, 14h12

Comentários de leitores

1 comentário

Interessante...

Flávio Marques (Advogado Autônomo - Criminal)

Divulgam tais balanços como se fosse o máximo, o suprassumo do desempenho. Ao contrário, entenda-se: o seu recurso especial, reclamação e afins não serão lidos pelo ministro... caberá ao assessor, estagiário e até mesmo ao faxineiro (com todo respeito a este, sendo somente modo de falar!) que lerão a sua peça e que darão a decisão! RIDÍCULO os tribunais superiores se orgulharem tanto dessa produção em massa de decisões!

Comentários encerrados em 25/12/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.