Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Medida drástica

Devido a acidente de carro, Marcos da Costa passa por procedimento cirúrgico

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo, Marcos da Costa, amputou uma perna nesta terça-feira (26/5). De acordo com nota divulgada no site da OAB-SP, o procedimento drástico "atingiu os objetivos de proporcionar-lhe situação mais confortável e maior brevidade na sua recuperação".

Por causa da cirurgia, as visitas estarão restritas no mínimo até sexta-feira (29/5). O presidente da OAB-SP está hospitalizado desde o dia 18 de abril, quando sofreu um acidente de carro em uma estrada do interior de São Paulo. O presidente estava junto com o advogado Carlos Roberto Fornes Mateucci que morreu.

De acordo com as informações da OAB-SP, Marcos da Costa encontra-se em ótimas condições para enfrentar essa fase do seu tratamento e bastante otimista quanto à diminuição do seu tempo de internação. Na nota, Marcos da Costa, sua família e a diretoria agradeceram a corrente positiva de orações e votos que contribuíram para o seu suporte espiritual e emocional.

Revista Consultor Jurídico, 28 de maio de 2015, 9h01

Comentários de leitores

10 comentários

Força e fé. Sempre!

diasporai (Advogado Autônomo - Civil)

Marcos da Costa, não me canso de repetir: que sua coragem seja maior que seu medo. Força e fé, sempre!

Dr. Marcos costa

carlos eduardo thome (Advogado Autônomo - Criminal)

Doutor:

que deus o ilumine e derrame suas bençãos sobre seu corpo,

ao mesmo tempo de forças para vencer mais esta batalha.

V. Exa., é um vencedor.

Lute, teus amigos estão orando por voce e familia.

Deus te abençõe

carlos eduardo thome

Força!

Washington Rodrigues de Oliveira (Advogado Autônomo - Civil)

Força meu Presidente!
Estamos juntos na corrente positiva pela sua rápida e plena recuperação.
TFA

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 05/06/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.