Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Meta do CNJ

Justiças estadual e do trabalho julgam 65,7 mil ações coletivas em 2014

A Justiça Estadual e a Justiça do Trabalho julgaram 65,7 mil ações coletivas em 2014. Os dados são do Conselho Nacional de Justiça que fez um levantamento para verificar o cumprimento da Meta 6. O objetivo era julgar ao longo do ano passado ações civis públicas, ações populares, mandados de segurança coletivo e dissídios coletivos de greve que aguardavam solução havia anos.

A Meta 6 estabeleceu que os órgãos de segunda instância das Justiças Estadual e do Trabalho julgassem todas as ações coletivas que não haviam sido julgadas até 31 de dezembro de 2012. A primeira instância tinha de decidir sobre ações que tramitavam desde o fim do ano de 2011.

De acordo com o levantamento do CNJ o Tribunal Superior do Trabalho cumpriu 100% da meta, julgando as 103 ações coletivas identificadas. Já os órgãos da primeira instância da Justiça do Trabalho, como as Varas do Trabalho, cumpriram 54% da meta ao eliminar 8,7 mil processos de um passivo de 16 mil ações coletivas. A segunda instância teve desempenho melhor, com 66% de cumprimento da Meta 6, após decidir sobre 3,4 mil processos.

Responsável por um acervo muito maior de ações coletivas, cerca de 104,3 mil processos, a Justiça Estadual conseguiu julgar 53,5 mil ações abrangidas pela Meta 6, o que corresponde a um índice de cumprimento de 51%. Segundo os dados do CNJ, a primeira instância dos tribunais de Justiça teve desempenho superior ao segundo grau de jurisdição, eliminando cerca de 59% dos processos pendentes enquanto os desembargadores cumpriram 30% da meta. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Clique aqui para ler o levantamento completo.

Revista Consultor Jurídico, 20 de maio de 2015, 20h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/05/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.