Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Minuto da Gestão

ConJur terá coluna sobre administração de escritórios com Mario Esequiel

Hoje em dia, a atividade dos advogados não se restringe a elaborar petições, analisar contratos, redigir pareceres e fazer sustentações orais. Cada vez mais, o exercício eficiente da profissão exige o conhecimento e a aplicação de técnicas de gestão. Para discutir o assunto, o diretor administrativo do Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados, Mario Esequiel, terá uma videocoluna na revista eletrônica Consultor Jurídico. Com o nome Minuto da Gestão, a coluna multimídia estreia na próxima terça-feira (20/1).

Embora o assunto seja normalmente associado a grandes escritórios, Esequiel afirma que sua videocoluna abordará questões que também interessam às médias e pequenas bancas. “É claro que os maiores escritórios têm uma administração mais complexa, mas, mesmo os menores, o que só tem um advogado e a secretária, podem melhorar a eficiência implementando técnicas de gestão e ensinando à secretária noções de administração”, explica o gestor.

Esequiel defende que as faculdades de Direito incluam em suas grades curriculares disciplinas de administração e de gestão de pessoas, para que os futuros advogados tenham noções de como gerenciar seus negócios. Atualmente, ele acredita que atribuir o comando do escritório a um administrador é o melhor caminho para aumentar a eficiência de sua operação. Para ilustrar seu argumento, ele dá um exemplo:

“Eu, que sou economista, posso redigir um contrato. No entanto, apenas um bem básico, e ele certamente terá várias falhas. Se eu quiser corrigi-las ou fazer algo mais elaborado, precisarei contratar um advogado. Da mesma mesmo forma funciona a administração de um escritório: ela somente terá eficiência máxima se um profissional especializado estiver no comando.”

Mesmo com a crescente profissionalização das bancas, o administrador do Mattos Filho acredita que continuará havendo espaço para advogados que atuam por conta própria, sem uma estrutura de escritório. Para isso, esses profissionais vão ter que fazer um trabalho de excelente qualidade, para que possam abocanhar nichos que “não vão existir em alguns bairros e regiões”.

Formado em economia pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), Esequiel tem MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV, e é ex-professor convidado do GVLaw da FGV. Também é membro fundador do Grupo de Excelência de Administração Legal do Conselho Regional de Administração de São Paulo e Diretor Executivo do IGL – Instituto Internacional de Gestão Legal. Além disso, é coautor do livro Administração Legal para Advogados.

Revista Consultor Jurídico, 15 de janeiro de 2015, 7h48

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/01/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.