Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Promotor aposentado

MP-SP divulga depoimento inédito de Plínio de Arruda Sampaio

Após a morte do ex-deputado federal Plínio de Arruda Sampaio, no dia 8 de julho, o Ministério Público de São Paulo divulgou depoimento inédito gravado em vídeo para o memorial da instituição, em 2011. Promotor público aposentado, advogado e um dos fundadores do PT, ele fala na gravação sobre sua participação nos primeiros júris, os bastidores do trabalho como deputado na Assembleia Nacional Constituinte, em 1988, e a vida no exílio, durante o regime militar.

Como relator do capítulo do Judiciário da Constituição Federal, que redefiniu e ampliou as atribuições do Ministério Público, ele disse que a introdução do instrumento da Ação Civil Pública mudou a instituição. Ele afirmou que, na época, foi voto vencido ao defender que promotores fossem impedidos de fazer política, apesar de ter dedicado grande parte de sua vida a esta atividade.

Plínio narra que, durante o exílio no Chile, a partir de 1970, desempenhou um dos maiores desafios de sua vida ao percorrer toda a América Latina desenvolvendo projetos de reforma agrária pela Organização para Agricultura e Alimentação das Nações Unidas (FAO/ONU). Relata ainda seus primeiros dias como promotor de Justiça na cidade de Campinas, no interior de São Paulo.

O depoimento é conduzido pelo procurador de Justiça Walter Paulo Sabella e também tem a participação do procurador de Justiça aposentado Ruy Alberto Gatto; dos promotores Alexandre Rocha Almeida Moraes e Ieda Casseb Casagrande Bignardi; dos jornalistas Benjamin Ricardo de Toledo Polastri e José Francisco Pacóla, assessores de imprensa do MP-SP; dos integrantes do setor de informática e audiovisual do MP-SP, Fáblo Torja e Rodrigo Bonfim; e da integrante do Memorial MP-SP, Karina Santos de Oliveira. Com informações da Assessoria de Imprensa do MP-SP.

Clique aqui para assistir ao vídeo. 

Revista Consultor Jurídico, 19 de julho de 2014, 11h42

Comentários de leitores

1 comentário

Grande Plínio

SCP (Outros)

"Quem Fiscalizará o Ministério Público?" Essa foi uma das principais perguntas feitas por Plínio Arruda durante os debates da Assembléia Nacional Constituinte.

Comentários encerrados em 27/07/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.