Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

De volta

Roberto Gurgel assume Procuradoria-Geral da República

A presidente Dilma Rousseff reconduziu o subprocurador-geral da República Roberto Gurgel a seu segundo mandato no cargo de procurador-geral da República nesta segunda-feira (15/8). Ele foi aprovado pelo Senado no dia 3 de agosto e aguardava a nomeação oficial para assumir novamente os trabalhos.

Em discurso na solenidade de posse, realizada no Palácio do Planalto, Gurgel ressaltou a independência dos trabalhos do Ministério Público e sua "crescente interação com os órgãos de controle e demais instituições do Estado". Em sua fala, afirmou que pretende dar continuidade ao que começou no primeiro mandato, principalmente na modernização da gestão administrativa e ao Planejamento Estratégico.

Gurgel também disse que dará prioridade às ações de combate à corrupção nos ministérios dos Transportes, do Turismo e da Agricultura, mas fez ressalvas ao tratamento dado pela Polícia Federal, na Operação Voucher, aos presos. "A questão do vazamento de fotos é absolutamente inaceitável. É absolutamente inaceitável a exposição das pessoas tal como foi feito", declarou.

Mas alertou que essas atitudes não invalidam o trabalho de investigação da PF, e negou as críticas sobre o aumento da impunidade: "Estamos caminhando bastante contra a impunidade, que é uma luta que não permite descanso."

Para a presidente Dilma, a posse de Gurgel para mais um mandato é sinal da maturidade da democracia brasileira. Segundo ela, o procurador-geral da República assume, mais uma vez "um importante papel nesta luta de todos nós em prol dos direitos constitucionais dos cidadãos", declarou, em seu discurso. Com informações da Assessoria de Imprensa da Procuradoria-Geral da República e da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 15 de agosto de 2011, 19h13

Comentários de leitores

1 comentário

URGENTE!!!

MSM74 (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

PREZADO DOUTOR PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA: Favor agilizar o parecer nos autos do RE 626.307 (Planos Econômicos), que lhe foi distribuído no âmbito interno da PGR, a sugerir por simples juntada de cópia reprográfica do parecer de sua própria lavra, emitido nos autos da ADPF 165, através do qual já abordou minuciosamente e com esmero toda a matéria suscitada no aludido RE. OS POUPADORES, EM SUA GRANDE MAIORIA IDOSOS E APOSENTADOS, NÃO AGUENTAM MAIS ESPERAR, TANTO PSICOLÓGICA QUANTO FISICAMENTE!!!

Comentários encerrados em 23/08/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.