Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nota de falecimento

Morre José Maria Othon Sidou aos 91 anos

Morreu, no domingo, aos 91 anos, o presidente da Academia Brasileira de Letras Jurídicas, José Maria Othon Sidou. Nascido em Fortaleza, ele ficou internado no Hospital Israelita Albert Sabin, no Rio de Janeiro, desde o dia 11 de fevereiro por problemas renais.

Durante a noite do sábado (20/2), Sidou sofreu uma parada cardíaca. Ele não resistiu e morreu no domingo (21/2). O velório aconteceu no Rio de Janeiro, onde compareceram amigos, sobrinhos e membros da Academia Brasileira de Letras Jurídicas. Sidou era viúvo e não tinha filhos.

Jornalista e doutor em Direito pela Faculdade de Direito do Recife, Sidou é considerado um nome importante no meio jurídico, principalmente, na área acadêmica. Ele fundou a escola que presidia em 1975. Com mais de 70 livros sobre direito e economia, por sete anos, foi professor titular de direito romano na Faculdade de Direito de Uberlândia durante a década de 60. Também foi professor nos cursos de pós-graduação da Faculdade Nacional de Direito, atual UFRJ, e professor titular no curso de pós-graduação da Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro nos anos 90.

Fora a área acadêmica, ocupou o cargo de conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil por 13 anos — entre 1975 e 1987. Chegou a ser presidente da Terceira Câmara da Ordem dos Advogados do Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 22 de fevereiro de 2010, 18h27

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.