Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Justiça hoje

Anuário faz radiografia atualizada do Judiciário

Chega às bancas de todo o país, na primeira semana de março, a quarta edição do Anuário da Justiça, a mais completa radiografia da cúpula do Judiciário e aliada com a mais abrangente análise dos acontecimentos envolvendo Justiça e Direito em 2009.

A obra apresenta o grande esforço feito pela Justiça para se tornar efetiva na vida dos brasileiros. Finalmente, tribunais e juízes deram uma resposta concreta à crescente demanda dos cidadãos que buscam soluções para litígios e pendências.

O Anuário da Justiça 2010 faz um relato detalhado das ações postas em prática a fim de superar a histórica morosidade do Judiciário. Conta o que foi e o que significou o desafio da chamada Meta 2 que resultou no julgamento de cerca de 2,5 milhões de ações que esperavam sentença há mais de cinco anos. Outro exemplo de esforço feito por toda a magistratura foram os Mutirões Carcerários que tiraram da cadeia mais de 18 mil pessoas presas indevidamente. 

Além de registrar o choque de realidade sofrido pela Justiça em 2009, o Anuário põe em evidência o perfil das mais altas autoridades judiciais do país e de suas obras. Em suas 320 páginas, estão os 97 perfis dos ministros que integram o Supremo Tribunal Federal e os tribunais superiores de Justiça, do Trabalho, Eleitoral e Militar. Também relata as 279 decisões que mais impacto tiveram no dia a dia dos brasileiros.

Além de apresentar o já tradicional ranking de inconstitucionalidade das normas julgadas pelo STF, a edição 2010 do Anuário descreve as 300 novas leis federais aprovadas pelo Congresso no último ano, com destaque para aquelas que mais diretamente dizem respeito ao sistema de Justiça.

Produzida por uma equipe de 30 profissionais da área de jornalismo e marketing sob a orientação da revista eletrônica Consultor Jurídico e com o apoio institucional da Faap – Fundação Armando Álvares Penteado , o Anuário da Justiça 2010  confirma sua presença, mais uma vez, como ferramenta indispensável para os agentes da Justiça e os operadores do Direito.

Para garantir seu exemplar faça a reserva acessando o site da Loja ConJur

Para obter mais informações ligue para o telefone (11) 3094-7489 ou clique aqui para mandar um email.  

[Texto alterado em 22/2/2010, para correção de informação]

 

Revista Consultor Jurídico, 9 de fevereiro de 2010, 20h15

Comentários de leitores

2 comentários

Eficiência - Magistratura

Edmundo (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Se cada Magistrado tivesse o número máximo de processos que possui um advogado, certamente a duração dos mesmos seria muito menor.

Magistratura e eficiencia

PAULO FRANCIS (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Se o Magistrado tivesse prazo para pratica dos atos a ele incumbido, tal como nós advogados, certamente o processo seria outro.
Não adiante fazer reformas sem impor prazos aos Magistrados. Tudo o mais sugerido, se trata de elocubrações processualisticas.
Continuará sem efetividade.

Comentários encerrados em 17/02/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.