Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Canal do STF

Gilmar Mendes responde dúvidas de internautas

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, irá responder ao vivo às perguntas enviadas pelos internautas no Youtube. O objetivo é aproximar ainda mais a Suprema Corte do país dos cidadãos brasileiros.

As respostas serão transmitidas pela TV Justiça, na sexta-feira (16/4), a partir das 18h. Em seguida, a entrevista será postada no canal do STF no YouTube. As perguntas, que podem ser enviadas em formato de texto ou vídeo, devem estar relacionadas a qualquer um dos 11 tópicos listados no canal do STF no YouTube.

As perguntas postadas serão classificadas pelos próprios internautas que estejam registrados com suas contas de YouTube. A votação será feita por meio da plataforma Moderator, do Google, com a qual os internautas poderão votar nas perguntas preferidas. O ministro Gilmar Mendes vai responder às perguntas mais votadas.

De acordo com o Supremo, a iniciativa é semelhante a utilizada pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que no dia 1º de fevereiro deste ano respondeu a perguntas enviadas por internautas de todo o mundo por meio do YouTube.

"Com mais essa iniciativa pioneira, o Supremo se firma como uma das mais avançadas instituições públicas no uso de ferramentas modernas de comunicação e engajamento com os cidadãos" afirma Ivo Corrêa, diretor de Relações Governamentais do Google Brasil.

A primeira iniciativa do Supremo no YouTube foi a criação do canal oficial do STF, no dia 1º de outubro de 2009. A Suprema Corte brasileira foi a primeira no mundo a contar com uma página oficial na comunidade de vídeos mais popular da Internet. No dia 6 de abril, os 1.657 vídeos postados no canal atingiram a marca de um milhão de exibições.

Os internautas podem, se quiserem, formular o questionamento dentro dos tópicos abaixo. Basta enviar a pegunta para o canal do STF na internet. Veja alguns dos temas sugeridos no site do Supremo. Com informações da Assessoria de Imprensa do Supremo

1 - Atuação do Supremo Tribunal Federal
2 - Ativismo judicial
3 - Efetividade da Justiça
4 - Democratização do acesso à Justiça
5 - Corrupção no Judiciário
6 - Informatização do Judiciário
7 - Prerrogativa dos juízes
8 - Forma de indicação de ministros para o Supremo
9 - Propostas do Conselho Nacional de Justiça
10 - Balanço das atividades do STF e do CNJ durante a gestão do presidente
11 - Intercâmbio jurídico no Mercosul e outros países

Revista Consultor Jurídico, 14 de abril de 2010, 6h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/04/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.