Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Disputa de 500 vagas

Concurso de oficial de Justiça tem 323 mil candidatos

O Tribunal de Justiça de São Paulo divulgou os locais de prova do concurso para oficial de Justiça. A Fundação Vunesp é a organizadora do concurso. São 500 vagas: 100 para São Paulo capital e 400 para 56 circunscrições judiciárias do estado. Há reserva de vagas para deficientes. Segundo o portal G1, o candidato deve ter concluído o ensino médio até a data da posse. No site da Vunesp é possível consultar os editais.

Concorrem 323.071 candidatos no estado. Em São Paulo capital, a relação candidato vaga é de 871 para 1. A relação completa com o número de inscritos por cidade está disponível no site da Vunesp.

A aplicação das provas com questões objetivas está prevista para 11 de outubro. As disciplinas cobradas serão língua portuguesa, conhecimentos em direito, atualidades, matemática e informática. O salário é de R$ 3.150,97. Além disso, estão previstos auxílio-saúde de R$ 66,00 ao mês, auxílio-alimentação de R$ 9,00 e auxílio transporte de R$ 4,60 por dia efetivamente trabalhado.

O oficial de Justiça executa as tarefas referentes a citações, prisões, penhoras, arrestos e demais diligências, lavrando nos autos toda ocorrência e deliberação, além de cumprir todas as determinações feitas pelo juiz a que estiver subordinado.

As provas de língua portuguesa e conhecimentos em direito serão de caráter eliminatório e o candidato deverá obter, no mínimo, 50% de acerto em cada uma das provas. A lista de classificados terá os 400 mais bem classificados na lista geral na capital e os 20 entre os deficientes. Em cada um das 56 circunscrições judiciárias, serão os 100 primeiros, mais os 10 melhores colocados na lista de portadores de necessidades especiais.

O número de vagas para o interior e litoral são: Santos (18 vagas), São Bernardo do Campo (10), Santo André (13), Osasco (13), Jundiaí (15), Bragança Paulista (6), Mogi Mirim (5), Campinas (18), Rio Claro (5), Limeira (5), Pirassununga (4), São Carlos (5), Araraquara (5), Barretos (5), Catanduva (5), São José do Rio Preto (10), Votuporanga (5), Fernandópolis (5), Sorocaba (10), Itu (6), Registro (5), Itapetininga (10), Botucatu (5), Avaré (5), Ourinhos (5), Assis (8), Presidente Prudente (10), Presidente Venceslau (7), Dracena (5), Tupã (8), Marília (5), Bauru (5), Jaú (5), Piracicaba (10), Lins (5), Araçatuba (5), Andradina (5), Franca (4), Batatais (5), Ituverava (5), Ribeirão Preto (10), Jaboticabal (5), Casa Branca (3), Guarulhos (10), Mogi das Cruzes (9), São José dos Campos (10), Taubaté (10), Guaratinguetá (8), Itapeva (5), São João da Boa Vista (5), Caraguatatuba (5), Itapecerica da Serra (10), Americana (5), Amparo (5), Jales (5) e Itanhaém (5).
Clique aqui para ver os locais de prova.

Revista Consultor Jurídico, 25 de setembro de 2009, 16h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/10/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.