Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Retrato do Judiciário

ConJur lança na segunda Anuário da Justiça Paulista

De cada 10 leis questionadas no Tribunal de Justiça de São Paulo, nove estão em desacordo tanto com a Constituição Federal como com a Estadual. Desse total, 90% das leis são declaradas inconstitucionais por vício de iniciativa: vereador propondo lei cuja competência é do prefeito.

O levantamento do índice de constitucionalidade das leis municipais em São Paulo faz parte do Anuário da Justiça Paulista, que será lançado em São Paulo na próxima segunda-feira (29/9). O Anuário, que traça um diagnóstico da Justiça do estado de São Paulo, foi produzido pela revista eletrônica Consultor Jurídico com o apoio da Universidade Paulista — Unip.

Já confirmaram presença no evento desembargadores do TJ-SP, os presidentes do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes; e do Superior Tribunal de Justiça, ministro Cesar Asfor Rocha e o desembargador Celso Limongi, presidente do Tribunal no período enfocado no Anuário. Também estarão presentes o secretário estadual de Justiça, Luiz Marrey; o advogado-geral da União, José Antônio Dias Toffoli; o presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D'Urso; e os titulares das entidades que representam a magistratura paulista.

Segundo o levantamento do anuário, a campeã da inconstitucionalidade entre as cidades paulistas é Ribeirão Preto, que teve 37 leis julgadas pelo Órgão Especial do TJ paulista no segundo semestre de 2007 e 36 declaradas inconstitucionais. Em segundo lugar, ficou o município praiano de Bertioga, com 10 leis inconstitucionais. A capital teve questionada três leis, mas apenas uma foi considerada inconstitucional.

O Anuário da Justiça Paulista traz ainda o perfil de cada uma das 73 Câmaras do TJ de São Paulo e o currículo dos 348 desembargadores e 78 juízes substitutos de segundo grau. Além disso, a publicação reúne as 169 principais decisões do ano de 2007.


Serviço:

Evento: lançamento do Anuário da Justiça Paulista 2008

Horário: 19h de segunda-feira, 29 de setembro

Local: Salões Bahia e Goiás do Hotel Maksoud Plaza

Endereço: Alameda Campinas, 150, São Paulo, SP



Vendas

O Anuário da Justiça Paulista 2008 estará à venda nas principais bancas do estado a partir da próxima semana. Reservas de exemplares pela internet poderão ser feitas a partir desta quinta-feira pelo site www.conjur.com.br. O preço do exemplar é de R$ 35.


Revista Consultor Jurídico, 24 de setembro de 2008, 17h57

Comentários de leitores

2 comentários

Parabéns à revista Consultor Jurídico por mais ...

Zé Carioca ()

Parabéns à revista Consultor Jurídico por mais esta brilhante iniciativa. Sucesso sempre!!

A obra será vendida em bancas do País? Obrigada

Polly (Estudante de Direito)

A obra será vendida em bancas do País? Obrigada

Comentários encerrados em 02/10/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.