Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Erramos

Erramos: Rede TV! não foi condenada a pagar R$ 1,5 milhão a atriz

A Rede TV! não foi condenada a pagar R$ 1,5 milhão à atriz Carolina Dieckmann. A revista Consultor Jurídico errou ao noticiar a condenação. O valor não se refere a qualquer condenação, mas sim ao pedido feito pelos advogados da atriz em liquidação de sentença.

O superintendente da Rede TV!, Dennis Munhoz, explicou que a emissora foi condenada a pagar R$ 35 mil de indenização para a atriz em 2006. E essa é a única decisão do caso. O valor da condenação, que atualizado é de quase R$ 50 mil, foi depositado judicialmente este ano. E a emissora já apresentou recurso contra a condenação ao Superior Tribunal de Justiça.

A emissora foi condenada por conta das investidas dos comediantes Rodrigo Scarpa (Repórter Vesgo) e Wellington Muniz (Silvio), do programa Pânico na TV, contra Carolina Dieckmann. E a Justiça fixou multa de R$ 5 mil caso os dois citassem o nome da atriz ou se referissem a ela novamente — não de R$ 500 mil, como afirma a defesa de Carolina.

Dennis Munhoz afirma que a Rede TV! não foi notificada do pedido de R$ 1,5 milhão por suposto descumprimento de sentença feito pelo advogado da atriz, Ricardo Brajterman. “A multa fixada pela Justiça em caso de descumprimento é de R$ 5 mil. Entendemos que não houve descumprimento da sentença e não sabemos que conta foi feita para se chegar ao valor de R$ 1,5 milhão. Mas certamente esse valor será contestado”.

Segundo Ricardo Brajterman, os humoristas se referiram ao nome de Carolina Dieckmann três vezes “na vigência de uma liminar que estabelecia multa de R$ 500 mil a cada vez que a atriz fosse citada”.

Carolina Dieckmann recorreu à Justiça depois que Rodrigo Scarpa e Wellington Muniz levaram um guindaste para frente do prédio dela, em São Conrado, zona sul carioca, no dia 4 de agosto de 2006. Eles queriam que Carolina calçasse as “Sandálias da Humildade” e tentaram filmar o apartamento da atriz, que não estava em casa.

Revista Consultor Jurídico, 9 de setembro de 2008, 17h42

Comentários de leitores

5 comentários

Sem entrar no mérito da questão, se a atriz é a...

Marco Aurélio Gomes Cunha (Outros)

Sem entrar no mérito da questão, se a atriz é antipática ou não, ou o objetivo do programa, e isso não tem nada a ver, a princípio, com se uma decisão deve ser reformada ou não, por diversas vezes assistindo ao programa percebo que existem abusos e exageros, humilhação, e constrangimentos que ultrapassam os limites da brincadeira e do bom senso.

Pessoal, Não esqueçam de consultar o site da ...

Linda (Outros)

Pessoal, Não esqueçam de consultar o site da Associação dos Magistrados Brasileiros - AMB (www.amb.com.br), para ter acesso aos candidatos que respondem a processo, são eles: Aline Côrrea - Vice-Prefeita do PP com 01 processo Paulo Maluf - Prefeito do PP com 07 processos Gilberto Kassab - Prefeito do DEM com 01 processo Marta Suplicy - Prefeita do PT com 09 processos. Para consultar os vereadores do mandato anterior, acesse o www.transparencia.org.br e www.excelencias.org.br. "O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons" Martin Luther King

Além de ser péssima atriz, Carolina é de uma an...

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

Além de ser péssima atriz, Carolina é de uma antipatia que revolta todo o meio artístico. Tomara que qualquer instância reforme qualquer decisão favorável a ela. O pessoal do PÂNICO quer se divertir e divertir-nos. Não merece isto !!! acdinamarco@aasp.org.br

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 17/09/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.