Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reforma do Judiciário

Anape quer Toffoli na continuação da Reforma do Judiciário

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores de Estado (Anape), Ronald Bicca, indicou o nome do advogado-geral da União, ministro José Antonio Dias Toffoli, como representante da Advocacia Pública na continuidade da Reforma do Judiciário. “Os advogados de Estado têm total confiança no ministro Toffoli pela sua tradição de luta em prol do fortalecimento da classe”, afirmou Bicca.

O nome de Toffoli foi aclamado por unanimidade para representar a Advocacia Pública tanto federal, quanto estadual e municipal. De acordo com Ronald Bicca, a participação dos representantes da República na Reforma do Judiciário vai gerar mais diálogo entre os Poderes.

A sugestão foi feita, na manhã desta quinta-feira (10/7), em reunião dos representantes das carreiras jurídicas de Estado com o secretário de Reforma do Judiciário, Rogério Favretto, e o ministro da Justiça, Tarso Genro.

O propósito é que cada Poder da República tenha um representante na Reforma do Judiciário. O Poder Judiciário, por exemplo, terá o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, como representante.

Revista Consultor Jurídico, 10 de julho de 2008, 19h16

Comentários de leitores

3 comentários

Penso que o Ministro, antes de arrumar a casa a...

Antônio dos Anjos (Procurador Autárquico)

Penso que o Ministro, antes de arrumar a casa alheia, tem muito o que fazer dentro da própria AGU. Se sua participação for para fortalecer a Advocacia Pública e a do Necessitado, terá muito o que fazer e o que contribuir.

Após o fracasso do congresso das carreiras juri...

genesio(procurador federal) (Procurador Autárquico)

Após o fracasso do congresso das carreiras juridicas que não tive a participação efetiva da categoria,mais uma sinecura é arrumada para o Sr. Toffoli aparecer.Advogado perdedor,chefe vingativo, sem prestígio na Administração e no Governo já que não consegue resolver nem o problema salarial da categoria, em grande parte criado por ele mesmo, ao prometer o que não podia dar, arrouba-se em representante da categoria. Não é mesmo! Na categoria de Advogados públicos honra-se os acordos firmados coisa que ele não fêz e ao que parece não fará. Se fosse nosso representante ou um chefe que lidere a categoria, já teria encaminhado a reforma da lei organica da AGU que esta sendo chocada por ele e pelos aulicos que o acompanham. Os colegas dos Estados estão muito enganados em relação a esta triste figura que tem assombrado os corredores da AGU com a sua presença indesejada por quase todos.

Ele pode ter o apoio da Anape. Mas creio que do...

Ray Oten (Advogado Assalariado)

Ele pode ter o apoio da Anape. Mas creio que dos Advogados Públicos Federais ele não tem. Aliás, os advogados públicos federais nunca estiveram tão desestimulados como agora. É um desânimo geral...

Comentários encerrados em 18/07/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.