Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

História viva

Discursos históricos serão lançados no site da Câmara

A Câmara dos Deputados lança, na quarta-feira (12/9), a série brasileira Escrevendo a História. Disponibilizada no portal da Casa na internet, a série dará acesso a discursos históricos feitos por parlamentares no período de 1946 a 1990. Ulysses Guimarães, Tancredo Neves, San Tiago Dantas, Miguel Arraes, Charles de Gaulle e Príncipe Akihito são alguns personagens que compõem o acervo. O lançamento da série acontece no aniversário de nascimento de Juscelino Kubitschek, às 11h, no Salão Nobre da Câmara.

Os discursos poderão ser acessados em três formatos: o texto integral em PDF; a publicação no Diário da Câmara dos Deputados ou do Congresso Nacional; e o áudio. O material é dividido em duas séries — brasileira e estrangeira.

A série brasileira é uma amostra de discursos de parlamentares proferidos em momentos de crise política ou de comemoração cívica. Na internet, eles permanecerão como um retrato vivo da história recente do Brasil. O primeiro grupo que será disponibilizado inclui discursos de deputados no período de 1946 a 1988. Nessa etapa, foi possível a recuperação dos arquivos impressos e sonoros.

A série estrangeira apresenta discursos de chefes de Estado ou de governo em visita oficial ao Brasil, no período de 1946 a 1988. O objetivo é, ao longo do tempo, disponibilizar todos os discursos de visitantes, organizados por décadas. A primeira amostra de discursos teve como parâmetro de seleção, além da importância de cada um deles, a existência do áudio.

O material registra momentos importantes da história do Brasil. Um exemplo é o discurso do deputado Tancredo Neves feito em 14 de setembro de 1976, na homenagem que prestou ao ex-presidente Juscelino Kubitschek logo após sua morte. Também compõe o acervo o discurso “Constituição Cidadã”, do então deputado Ulysses Guimarães em 27 de julho de 1988. Ele ressaltou o caráter social do texto produzido pelos constituintes.

O acerco é organizado pela Coordenação de Históricos de Debates do Departamento de Taquigrafia. O Escrevendo a História poderá ser acessado no portal da Câmara pelo site www.camara.gov.br, na página “História da Câmara”.

Revista Consultor Jurídico, 12 de setembro de 2007, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.