Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cadeira disputada

Defensores apóiam indicação de Sérgio Renault para o CNJ

O Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais decidiu, por unanimidade, apoiar a indicação do secretário da reforma do Judiciário, Sérgio Renault, para o Conselho Nacional de Justiça.

Em moção de apoio ao secretário, os defensores públicos afirmam que Renault “demonstrou ter destacado espírito público, participativo e democrático, especialmente atento às causas sociais e jurídicas que envolvem o acesso integral à justiça dos menos favorecidos”.

Leia a moção

Moção de Apoio ao Dr. Sérgio Rabello Tamm Renault

O Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais - CONDEGE, órgão que congrega todos os Defensores Públicos-Gerais do Brasil, no Fórum realizado na cidade de Aracaju – SE, em 28 e 29 de abril de 2005, decidiu, por unanimidade, apoiar a indicação do Dr. Sérgio Rabello Tamm Renault para o Conselho Nacional de Justiça, em face do trabalho de excelência que vem desenvolvendo na Secretaria da Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça, oportunidade que demonstrou ter destacado espírito público, participativo e democrático, especialmente atento às causas sociais e jurídicas que envolvem o acesso integral à justiça dos menos favorecidos em nosso país, traduzido no seu inquestionável apoio à Defensoria Pública, órgão constitucional de defesa do cidadão hipossuficiente, o que veio acrescer ao seu notável saber jurídico e a sua ilibada reputação.

Aracaju, 29 de abril de 2005.

Renan Pimentel Tavares de Menezes

Presidente

Fernando Antônio Calmon Reis

Secretário-Geral

Revista Consultor Jurídico, 2 de maio de 2005, 17h46

Comentários de leitores

1 comentário

Defender a Defensoria Publica é defender a efet...

Amélia Soares da Rocha (Defensor Público Estadual)

Defender a Defensoria Publica é defender a efetivacao da democracia!! Parabens, entao, a todos os que defendem a ordem juridica justa e plena!!

Comentários encerrados em 10/05/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.