Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Olho no saque

CPI dos Correios quer acesso a documentos entregues ao STF

O presidente da CPMI dos Correios, senador Delcidio Amaral (PT-MS), e o relator da comissão, deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR), pediram para ter acesso aos documentos apreendidos que registram os saques de parlamentares no Banco Rural. A documentação foi entregue ao Supremo no dia 20 de julho, pelo juiz Jorge de Macedo Costa, da 4ª Vara da Justiça Federal de Minas Gerais.

Os documentos aguardam parecer do procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza. Assim que Souza concluir seu parecer, os autos retornam ao Supremo. Numa audiência realizada nesta sexta-feira (22/7), Delcidio Amaral levou a Nelson Jobim, presidente do STF, a preocupação de alguns parlamentares quanto aos Habeas Corpus concedidos pelo Supremo para convocados pela CPMI.

“Trouxemos as ponderações dos nossos colegas, deputados e deputadas, senadores e senadoras, no que se refere aos habeas corpus de alguns depoentes”, disse Delcidio Amaral. “Mas ele [Jobim] ponderou os direitos constitucionais dos depoentes”, completou.

Revista Consultor Jurídico, 22 de julho de 2005, 17h28

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/07/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.