Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Greve paulista

Servidores do Judiciário paulista têm assembléia nesta segunda

A assembléia dos servidores em greve no Judiciário paulista foi antecipada para esta segunda-feira (27/9), às 16 horas, na Praça João Mendes. A paralisação já dura mais de 90 dias. A OAB paulista faz nesta segunda um ato de protesto contra a greve.

Na sexta-feira (24/9), o presidente do TJ paulista, Luis Elias Tâmbara, disse aos servidores que se eles retornassem ao trabalho imediatamente, ele abriria mão de entrar com processos administrativos. Com a suplementação do orçamento conseguido pelo presidente do TJ-SP junto ao governador do estado, Geraldo Alckmin, os servidores terão um aumento salarial de 14%.

Busca de alternativa

Convidado pelo comando de greve, o secretário-geral do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, está reunido neste momento na sede da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça paulista. Além do presidente da Associação, José Gozzi, participam do encontro o presidente da Associação dos Servidores de Judiciário de Ribeirão Preto, Antonio Carlos Capela e a representante dos servidores do Judiciário sem vínculo com a entidade, Gracinda Mendes.

Revista Consultor Jurídico, 27 de setembro de 2004, 11h21

Comentários de leitores

6 comentários

TRINCHÃO: CONTINUO AQUI. LEIA OS COMENTÁRIO...

Zeus ()

TRINCHÃO: CONTINUO AQUI. LEIA OS COMENTÁRIOS DOS COLEGAS RENATA E MARCEL. ESTÁ NA HORA DE VOCÊ APRENDER ALGUMA COISA, OU ACHA QUE SAIU VITORIOSO???

JCMoreira;Zeus! Onde estao voces agora! E parec...

Paulo Jorge Andrade Trinchão (Advogado Autônomo)

JCMoreira;Zeus! Onde estao voces agora! E parece que resolveram justificar os privilegiados vencimentos!, ainda bem

Quanto ao comentário do colega: "É hora de ...

rnm915 (Advogado Sócio de Escritório)

Quanto ao comentário do colega: "É hora de criar novos métodos e estratégias para fazer valer eventual direito." Ele já existe! E em países realmente democráticos ele funciona: O Poder Judiciário! Mas como eu sou inocente... Vocês realmente acham que os funcionários confiam na nossa arcaica Justiça? É muito mais fácil cruzar os braços "democraticamente", ignorando os Poderes Constituídos e o povo por eles representado... Direito a Greve em serviço público? Não! Quer reivindicar? Exigir direitos? Procure a própria Justiça! Para isso que ela existe. Ou não? Vai ver algo mudou e/ou eu sou muito inocente... Melhor eu parar de ler e virar sindicalista...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 05/10/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.