Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

A mais pedida

Telefônica é a empresa mais acionada na Justiça do Trabalho de SP

A combinação de economia estagnada com privatização é um fator de entupimento da Justiça do Trabalho. É o que se vê ao examinar o ranking das empresas mais acionadas no campo trabalhista, em São Paulo, na região metropolitana e na baixada santista.

As duas únicas empresas que cruzam a marca das 10 mil reclamações, cada uma, são, exatamente, ex-estatais que, uma vez privatizadas, tiveram seus quadros enxugados para maximizar seu aproveitamento. A primeira empresa é a Telefônica, sucessora da Telesp, com 10.675 processos. A segunda é o Banco Santander, sucessor do Banespa, de quem herdou os 10.390 empregados que hoje a processam. Em tericeiro lugar está a empresa paulistana de transportes públicos SPTrans, com 7.029.

Entre as 20 empresas e órgãos estatais mais processados na Justiça trabalhista de São Paulo, há sete bancos, quatro prestadoras de serviços públicos e duas companhias aéreas. No total, o número de ações a que respondem os mais processados é de 84.934.

O levantamento feito pela revista Consultor Jurídico é referente a processos em andamento até agosto de 2004 na primeira e na segunda instâncias e, em alguns casos, até mesmo no Tribunal Superior do Trabalho.

A pesquisa não leva em conta processos arquivados e o número de funcionários das empresas. Os números podem apresentar diferença com os dados das empresas porque são calculadas as cartas precatórias relativas a ações em outros estados.

Os bancos são os campeões de processos se a estatística é dividida por setor. Das quase 85 mil ações, as instituições financeiras respondem por 29.477. Os três mais processados são Santander, Bradesco e Unibanco.

Veja a lista dos 20 mais processados

Telesp/Telefônica -- 10.675

Banco Santander (Banespa) -- 10.390

São Paulo Transportes (SPTrans) -- 7.029

Bradesco (Banco BCN, Mercantil de SP e Cidade) -- 6.441

Companhia Brasileira de Distribuição (Pão de Açúcar, Sé, Barateiro) -- 5.909

Volkswagen -- 5.095

Eletropaulo -- 4.925

Unibanco/Nacional -- 4.247

Companhia Siderúrgica Paulista (Cosipa) -- 4.189

Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPMT) -- 3.424

Vasp -- 3.385

Itaú (Banerj) -- 2.880

Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) -- 2.547

Rede Ferroviária Federal (RFFSA) -- 2.409

Transbrasil -- 2.051

Caixa Econômica Federal -- 1.979

Fazenda do Estado de São Paulo -- 1.931

Prefeitura e município de Guarulhos -- 1.888

ABN Amro Bank (Real, Sudameris) -- 1.828

Banco do Brasil -- 1.712

Revista Consultor Jurídico, 18 de setembro de 2004, 13h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/09/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.