Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Laços estreitos

Parlamentares passam a participar de reuniões do CJF

A partir desta segunda-feira (17/5), todas as reuniões do Conselho da Justiça Federal (CJF) terão a participação de um representante do Congresso Nacional. No caso, um membro da Frente Parlamentar dos Advogados.

A informação foi dada na abertura da sessão do CJF, no momento em que o plenário do Conselho recebia o deputado Luiz Antonio Fleury Filho (PTB-SP), o primeiro parlamentar a participar de uma reunião.

Ao receber o deputado, a presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, desembargadora federal Ana Maria Pimentel, afirmou que a participação tem como objetivo a aproximação cada vez mais efetiva entre os Poderes da República, para que se possa atender melhor às demandas da sociedade. Disse ainda que a aproximação proposta pelo ministro Vidigal fará com que os demais poderes tenham ciência das carências e necessidades do Judiciário.

O presidente do Conselho e do Superior Tribunal de Justiça, ministro Edson Vidigal, disse que sua presença do deputado "é motivo de alegria, pois ele, aqui, verá como nossas necessidades (da Justiça Federal) são prementes. Tenho certeza que, a partir de hoje, serão buscadas pelo Legislativo as soluções de que necessitamos".

Edson Vidigal concluiu propondo uma outra mudança: "espero chegar o momento em que o Conselho edite uma resolução admitindo a presença, com direito a voto, do presidente da Associação dos Juizes Federais do Brasil (Ajufe)". Atualmente, o presidente da Ajufe tem assento no Conselho com direito a voz, mas não a voto.

Respondendo às saudações, o deputado Fleury Filho disse: "Com satisfação que cumpro a incumbência como membro da Frente Parlamentar dos Advogados de participar, pela primeira vez da reunião do Conselho da Justiça Federal".

E explicou que "a Frente reúne advogados e membros da magistratura e ministério público, para que se faça a verdadeira reforma do Poder Judiciário, buscando mudanças de rito e mudanças que aproximem a Justiça dos mais necessitados. Em nome da Frente Parlamentar dos Advogados, agradeço a oportunidade e creio que será muito importante essa aproximação entre os nossos dois com os poderes". (CJF)

Revista Consultor Jurídico, 17 de maio de 2004, 13h28

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/05/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.