Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Questão de democracia

Diretor da FGV do Rio de Janeiro lança livro sobre o Terceiro Setor

O diretor da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundação Getulio Vargas, Joaquim Falcão, lança dia 18/5, às 18h30, o livro "Democracia, Direito e Terceiro Setor". O evento será no Hotel Transamérica, durante o 7º Encontro Ibero-Americano do Terceiro Setor.

A obra é uma coletânea de artigos voltados para a defesa, aperfeiçoamento e expansão dos compromissos básicos da democracia. O autor trata das sociedades sem fins lucrativos que assumem responsabilidades sociais.

Para Joaquim Falcão, que presidirá o encontro, o livro é um diário de viagem a favor da institucionalização da democracia no Brasil. Através de textos acadêmicos, conferências e artigos de fácil entendimento e sempre com um viés pragmático, o leitor encontrará esforço e imaginação para aperfeiçoar e expandir a democracia.

O autor enfatiza os exemplos e o desafio de modelar e construir instituições voltadas para a participação de um número cada vez maior de cidadãos nas decisões de sua cidade. Os artigos têm a premissa que os modelos tradicionais de democracia não são seqüenciais e excludentes, mas complementares e concomitantes. (Insight Engenharia de Comunicação)

Revista Consultor Jurídico, 11 de maio de 2004, 15h11

Comentários de leitores

1 comentário

A crescente organização da sociedade em entidad...

Ricardo César Dosso ()

A crescente organização da sociedade em entidades sem fins lucrativos, que receberam tratamento jurídico adequado pelo novo Código Civil, é sem dúvida fundamental. O terceiro setor possibilita a participação de inúmeras pessoas alheias ao processo político e a efetivação de ideários como o de responsabilidade social. Tenho a honra de ser Diretor Presidente da Associação de Ex-Alunos do Curso de Direito da UNESP. Temos percebido o quanto a mobilização das pessoas em torno de um ideal comum e sem viés político-partidário pode ajudar no aperfeiçoamento das relações sociais. Com pouco dispêndio individual de tempo podemos realizar pequenos grandes feitos e suprir deficiências crônicas do Estado.

Comentários encerrados em 19/05/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.