Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novo fórum

Juízes de Pernambuco discutem a Justiça em site na Internet

Difundir idéias para aprimorar e dar transparência à discussão acerca das questões da Justiça brasileira. Esses são alguns dos objetivos de cinco juízes de Pernambuco e um procurador da República que decidiram criar um espaço para o debate na Internet: www.luta.pelajustica.nom.br.

O site contém artigos e sentenças proferidas pelos próprios magistrados, além de peças processuais e resenhas jurídicas. O espaço também dá algumas dicas para leitura ao internauta. Entre as indicações estão "O povo brasileiro", de Darcy Ribeiro, "A revolução dos bichos", de George Orwell e "Controle de mídia", de Noam Chomsky.

Em sua apresentação, os membros do espaço afirmam: "O intuito deste sítio eletrônico é o de difundir as idéias e ideais de seus membros. Cremos firmemente na melhora da sociedade a partir das nossas próprias ações. Afinal, a sociedade é o fruto do entrechoque de nossas múltiplas atitudes diárias, que são motivadas por nossos objetivos, estes impregnados da ideologia que abraçamos consciente ou inconscientemente".

Os membros do site são os juízes Pierre Souto Maior Coutinho de Amorim, Maria Magdala Sette de Barros, Paulo de Tarso Duarte Menezes, Glacidelson Antônio da Silva, André Carneiro de Albuquerque Santana e o procurador da República em Brasília Luciano Sampaio Gomes Rolim.

Clique aqui para acessar o site

Revista Consultor Jurídico, 10 de maio de 2004, 16h51

Comentários de leitores

1 comentário

Tenho observado com alegria que a face da mag...

Marcia Maria dos Santos Souza ()

Tenho observado com alegria que a face da magistratura também vem sendo renovada através das novas propostas de juízes que, em princípio, parecem fazer do Direito um ciência social que deve, como todas as outras, acompanhar o dinamismo das relações sem perder o norte principal do Direito que é a Justiça! É fundamental que seja posto à disposição das pessoas, leigos ou profissionais, as idéias e ideais dessas pessoas que têm sob seus ombros a incumbência de dirimir os conflitos por meio da tutela jurisdional do Estado. O site mencionado é realmente muito bom e vale à pena ser visitado e participado!

Comentários encerrados em 18/05/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.