Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fim de papo

Inquérito de Tarso Genro contra deputado federal é arquivado no STF

O Plenário do Supremo Tribunal Federal arquivou, nesta quarta-feira (5/5), o Inquérito contra o deputado federal Nelson Proença (PPS-RS). O parlamentar é acusado pelo ministro da Educação, Tarso Genro, de ofendê-lo em propaganda eleitoral veiculada durante a campanha eleitoral de 2002.

Na época, Genro era candidato a governador do Rio Grande do Sul e Nelson Proença era coordenador da campanha do candidato Antonio Britto, da coligação Rio Grande em Primeiro Lugar.

Para embasar a denúncia, o ministro apresentou propaganda veiculada em emissoras de rádio e televisão que dizia: “Este é o candidato Tarso Genro que diz defender o Rio Grande. Este é o advogado Tarso Genro. O escritório dele é famoso por ganhar dinheiro advogando contra o governo. Veja: são 142 processos, todos contra o Estado do Rio Grande. Como governador, o que você acha, ele vai defender o Rio Grande ou o escritório dele?”. (STF)

Revista Consultor Jurídico, 5 de maio de 2004, 20h34

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/05/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.