Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Rédea em mãos

Câmara quer que grupo apure denúncias contra procurador do Amapá

A apuração das denúncias contra o procurador-chefe do Amapá, Manoel do Socorro Tavares Pastana, deve ser acompanhada por parlamentares. A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara deve votar, nesta quarta-feira (23/6), a criação de um grupo de trabalho para acompanhar as acusações feitas por funcionários do Ministério Público de que Pestena teria cometido irregularidades administrativas e institucionais.

Segundo os autores da denúncia, o funcionário do MP no Amapá, Admilson Gomes Pereira, e outros 11 servidores do órgão estão sofrendo ameaças de morte desde que foram feitas as acusações contra o procurador-chefe. O requerimento que pede a formação do grupo de trabalho de parlamentares é de autoria dos deputados Luiz Couto (PT-PB) e Antonio Nogueira (PT-AP).

Revista Consultor Jurídico, 21 de junho de 2004, 18h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.