Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Folia filantrópica

Joãosinho Trinta é condenado ao pagamento de R$ 64 mil pelo TCU

O carnavalesco Joãosinho Trinta e o diretor da Funai Mércio Pereira Gomes foram condenados ao pagamento de R$ 64.735,18 pelo Tribunal de Contas da União. Responsáveis pela entidade filantrópica Espaço Flor do Amanhã, eles são acusados de não prestar contas dos recursos repassados por meio de convênio entre a Fundação Legião Brasileira de Assistência e a entidade. Ainda cabe recurso da decisão

O dinheiro deveria ser usado para realização de cursos profissionalizantes, para aquisição de máquinas de costura e aviamentos, e para o atendimento a 50 menores carentes. Joãosinho e Pereira Gomes têm o prazo de quinze dias para comprovar o recolhimento das dívidas aos cofres do Tesouro Nacional. Foi autorizada cobrança judicial. O ministro relator do processo foi Adylson Motta.

Revista Consultor Jurídico, 19 de junho de 2004, 13h20

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.