Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Galo depenado

Polícia Federal afasta delegado que prendeu Duda Mendonça

Passadas as eleições municipais, o publicitário Duda Mendonça voltou a ser notícia. Na semana passada, a Justiça do Rio de Janeiro aceitou a denúncia do Ministério Público que pediu o indiciamento do publicitário de outras cinco pessoas envolvidas na promoção de uma rinha de galo. Agora, o delegado que comandou as investigações que resultaram na prisão de Duda Mendonça foi afastado do cargo.

Antônio Rayol era titular da Delegacia de Meio Ambiente da Polícia Federal do Rio de Janeiro. Ele se disse surpreso com a medida e informou que só ficou sabendo do afastamento por meio do boletim interno da PF divulgado por intranet. As informações foram divulgadas na imprensa nesta segunda-feira (20/12).

Ainda não foi definido qual será o novo posto de Rayol. Outros dois agentes federais que participaram da operação que desmontou a rinha de galo foram transferidos para o interior do Rio de Janeiro no mês passado.

Revista Consultor Jurídico, 20 de dezembro de 2004, 18h07

Comentários de leitores

23 comentários

Recebi essa frase hoje e achei perfeita para a ...

Elaine Paiva (Outros)

Recebi essa frase hoje e achei perfeita para a situação infeliz que vivemos. Frase de um dos maiores brasileiros de todos os tempos - Rui Barbosa - com mais de um século, e hoje tão válida: "De tanto ver triunfar as nulidades...de tanto ver prosperar a desonra...de tanto ver crescer a injustiça...de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus (políticos?)......o homem chega a desanimar-se da virtude...a rir-se da honra...a ter vergonha de ser honesto" Mas nem tudo é o que parece...Quem é profissional, é bom em qualquer lugar e o que aparentemente é ruim agora pode vir a ser um grande negócio no futuro. sds

Não sou do PT, mas sem dúvida, Antônio Carlos d...

CPS-Celso (Advogado Associado a Escritório - Trabalhista)

Não sou do PT, mas sem dúvida, Antônio Carlos de Lima (Professor - Professor de Direito — Goiânia, GO) — 21/12/04 · 12:17, rastaquera que se diz professor de direito nos mostra o porque do baixo nível dos cursos de direito.

Se a transferência do delegado tivesse se dado ...

CPS-Celso (Advogado Associado a Escritório - Trabalhista)

Se a transferência do delegado tivesse se dado por ocasião da prisão, antes de concluido o inquérito, poderia ser dito que se tratava de represália, mas no caso o inquérito foi concluido com oferecimento de denúncia por parte do MP. Acho precipitado brandir perseguição, porque o fato de participar de diligência de repercussão não dá "estabilidade" a policial ser titular dessa ou daquela delegacia, ou ficar lotado na cidade, sendo o rodizio uma prática da PF (salutar).

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 28/12/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.