Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Talentos em alta

Demarest e Almeida anuncia inclusão de novos sócios

O Demarest e Almeida Advogados, um dos maiores escritórios de advocacia do país, anunciou nesta quinta-feira (14/3) a inclusão de três novos sócios em seu quadro.

Os novos sócios são Antônio Manuel Aires, José Edgard da Cunha Bueno Filho e Renato Mandaliti.

O advogado Antônio Manuel Aires, 44 anos, ingressou no escritório em junho de 2001. Ele se formou em 1980 pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco.

Graduou-se, também, em 1983, em Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie. Antes de ingressar no Demarest e Almeida foi sócio fundador do escritório Aires e Pestana Advogados. Atualmente é sócio do Departamento Bancário.

O advogado José Edgard da Cunha Bueno Filho, 31 anos, ingressou no Demarest e Almeida como estagiário de Direito, em janeiro de 1991. Formou-se, em 1993, pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. Tem mestrado na New York University School of Law, MCJ 2000. Atualmente é sócio do Departamento Contencioso Cível e Comercial.

O advogado Renato Mandaliti, 31 anos, ingressou no escritório em fevereiro de 1992. Formou-se em 1991 pela Faculdade de Direito de Bauru. Tem mestrado na University of Wisconsin – Madison, em Insurance & Risk Management, MBA 2000. Hoje é sócio do Departamento de Previdência Complementar e Seguros.

"A admissão dos novos sócios resulta do reconhecimento do talento, dedicação e capacidade de trabalho desses profissionais e da política democrática do escritório que recompensa não só os jovens que aqui ingressaram em início de carreira como também os mais experientes que, em fase posterior, buscando uma estrutura que oferece atendimento legal de nível altíssimo e internacional aos clientes, juntaram sua capacitação profissional à nossa. Esse será o caminho continuado do escritório", disse Rogério Lessa, sócio do Demarest e Almeida.

Revista Consultor Jurídico, 14 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 14 de março de 2002, 15h10

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.