Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caso Sudam

Roseana poder perder os direitos políticos em ação de improbidade

A pré-candidata a presidente da República pelo PFL, Roseana Sarney, pode ter seu mandato de governadora do Maranhão cassado. E ainda ter seus direitos políticos suspensos. O Ministério Público Federal impetrou uma ação por improbidade administrativa contra a governadora.

Segundo o procurador da República, Kerlston Pinheiro Lages, há provas nos autos que subsidiam o pedido de improbidade. Para o procurador, o desfecho da investigação de desvio de recursos da Sudam no Maranhão deve ser jurídico e não político.

De acordo com o procurador, além da cassação do mandato e a suspensão dos direitos políticos, o MPF pede o ressarcimento do dinheiro que teria sido desviado.

Segundo o procurador, há 38 inquéritos policiais e procedimentos administrativos tramitando na Procuradoria da República no Maranhão com relação ao caso Sudam.

Foram abertos inquérito policial e ação civil pública contra Roseana Sarney e Jorge Murad. “O primeiro prova a ligação direta da governadora. A outra identifica o marido influenciando o Conselho a votar favorável ao projeto", afirma o procurador.

Revista Consultor Jurídico, 7 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 7 de março de 2002, 13h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.