Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Integração social

TRF e Justiça Federal lançam projeto para combater a violência

O projeto "Viver em São Paulo - outros olhares" será lançado, na quinta-feira (7/3), pelas equipes de saúde do Tribunal Regional Federal da 3ª Região e da Justiça Federal de São Paulo. O professor e filósofo Mário Sérgio Cortella irá proferir palestra sobre o assunto, no auditório do Tribunal, na Avenida Paulista, a partir das 11h.

Poderão participar do evento os servidores, familiares, profissionais da rede credenciada do convênio médico e organizações.

Segundo a assessoria de imprensa do TRF, a iniciativa do projeto foi motivada pelos índices da violência em São Paulo e pela crescente demanda por atendimentos e orientações relacionadas ao tema.

Além da violência urbana, são registradas anualmente agressões contra a mulher, a criança, o idoso e discriminação, entre outros tipos de abusos.

O TRF e a Justiça Federal pretendem oferecer acolhimento e atendimento especializado (psicossocial, médico e de enfermagem) para os servidores que vivenciaram ou vivenciam situações de violência, além de promover e divulgar alternativas de lazer sócio-educativas e atividade culturais na cidade de São Paulo. De acordo com o caso, o funcionário será encaminhado para instituições especializadas.

Durante o evento de lançamento, será distribuída uma cartilha sobre o tema. Também haverá um painel coletivo que retratará a violência sob o ponto de vista dos servidores e seus familiares.

Para o primeiro semestre deste ano também estão previstas palestras sobre violência doméstica e violência urbana, prevenção de acidentes domésticos, violência urbana - como proceder diante de situações críticas e segurança no trânsito, além de oficinas e fóruns de debates.

Revista Consultor Jurídico, 4 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 4 de março de 2002, 17h09

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.