Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Greve na JF

Greve dos servidores da Justiça Federal completa 10 dias

A greve dos servidores do Judiciário Federal em São Paulo completa dez dias, nesta quinta-feira (16/5), e deve continuar pelos menos até a próxima quarta-feira, caso o governo não recue da proposta de parcelamento do plano e da redução das tabelas salariais. Os servidores terão assembléia na próxima semana para resolver se a greve continua por tempo indeterminado.

Os servidores rejeitaram a proposta do líder do governo na Câmara, deputado Arnaldo Madeira (PSDB-SP), de reduzir de R$ 3 bilhões para R$ 2,4 bilhões o impacto do plano de carreira da categoria no orçamento, além do parcelamento.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Estado de São Paulo, a paralisação já atinge 16 dos 24 fóruns da Justiça Federal no interior; 17 fóruns da Justiça Trabalhista da Baixada Santista e Grande São Paulo (que engloba 29 fóruns); e 71 dos 85 fóruns da Justiça Trabalhista no interior, além do Tribunal Regional do Trabalho de Campinas. Na capital, a adesão é de 50% da categoria, segundo os servidores.

O Tribunal Regional do Trabalho suspendeu no início dessa semana os prazos judiciais através da Portaria GP/CR 03/2002.

Na quarta-feira os servidores fizeram um ato estadual unificado com participação de cerca de 1500 trabalhadores da Justiça Trabalhista da capital, Baixada Santista e interior, da Justiça Federal da capital e do interior e do Tribunal Regional Eleitoral.

Saiba mais sobre a greve.

Revista Consultor Jurídico, 16 de maio de 2002, 15h58

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/05/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.