Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

A greve continua

Greve do Judiciário Federal continua

A assembléia dos servidores do Judiciário Federal de São Paulo, feita nesta sexta-feira (7/6), decidiu manter a greve iniciada no dia 6 de maio. Segundo o informe distribuído pelo Sindicato paulista dos Trabalhadores do Judiciário Federal (Sintrajud), participaram da assembléia cerca de mil servidores.

A categoria decidiu manter o movimento em função do governo não ter apresentado até agora nenhuma proposta oficial para tramitação do Plano de Cargos e Salários do Judiciário. A próxima assembléia estadual acontecerá na próxima quarta-feira, às 14 horas, novamente em frente ao TRE.

Os grevistas da Justiça Trabalho no interior (15ª Região) não participaram da assembléia estadual porque estavam realizando um ato, com direito a bolo, em comemoração à liminar concedida pela 2ª Vara Federal de Campinas, garantindo pagamento dos dias parados. A manifestação em Campinas reuniu cerca de 300 servidores em frente ao Tribunal Regional do Trabalho em Campinas. Lá também foi realizada assembléia regional que aprovou a manutenção do movimento.

Segundo o Sintrajud, a greve em São Paulo já atinge 104 das 139 cidades onde existem fóruns e/ou tribunais no Estado, totalizando uma adesão de 70% da categoria. Dos 85 fóruns da Justiça Trabalhista da 15ª Região (interior), 84 estão paralisados, com adesão de 100% em 63 deles. Na Justiça Federal, 26 dos 28 estão fóruns parados, com 100% de adesão em 9 deles. Na Justiça Trabalhista da 2ª Região (capital, Baixada Santista e Grande São Paulo) e no Tribunal Regional Eleitoral a adesão é de 80%.

Revista Consultor Jurídico, 7 de junho de 2002, 20h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/06/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.