Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Brasil Legal

Brasil Legal: Jô vetou campanha de Naomi Campbell por Ana Paula.

Por 

Bem que a modelo Naomi Campbell tentou. Mas a produção do programa do apresentador Jô Soares fez cumprir a lei.

A modelo queria dar sua entrevista na TV ostentando um vistoso button da candidata a deputada estadual, por São Paulo, Ana Paula Junqueira - sua amiga brasileira. Nos planos de Naomi estava também presentear Jô com uma camiseta da candidata.

O problema é que ninguém conseguiu achar uma do tamanho necessário.

Nossa Urna

A nova propaganda da Nossa Caixa Nosso Banco está na mira dos partidos políticos. A Coligação "São Paulo quer mudança", integrada pelo PT, PC do B e PCB, deve entrar ainda essa semana com representação no TRE-SP contra o governador Geraldo Alckmin.

Os advogados Hélio Freitas Silveira e Mariana de Toledo Piza alegam que a propaganda estaria beneficiando o governador porque cita ações institucionais. A conduta seria vetada pela lei nº 9.504 e, por isso, pedirão a retirada dos outdoors.

Palavras ao vento

Desde que começou a despencar nas pesquisas eleitorais, o candidato José Serra insiste em comparar Ciro Gomes ao ex-presidente Fernando Collor. A tática não surtiu efeito na equipe jurídica de Ciro Gomes.

Apesar de considerar a comparação "infeliz" e "mentirosa", Hélio Parente Filho, advogado de Ciro, não deve acionar Serra. "Campanha se resolve com os eleitores e não com briga jurídica", disse o advogado.

Na mira

O candidato ao governo de Minas Gerais pelo PMDB, Newton Cardoso, é alvo de duas impugnações no Estado. Uma foi apresentada pelo Ministério Público Eleitoral e a outra, pelo candidato ao governo pelo PSDC, Marco Aurélio Carone.

Campanha light

A atual campanha eleitoral presidencial ainda está bastante calma se for comparada com as anteriores. A opinião é do jornalista, Marco

Iten, especializado em marketing político.

O jornalista disse que talvez não haja uma "situação de desgaste com agressões verbais porque o eleitorado hoje está mais crítico e avesso

a esse tipo de comportamento".

Garotinho insiste

Anthony Garotinho não desistiu de pedir direito de resposta no jornal O Globo e TV Globo, mesmo depois de ter uma representação negada pelo ministro José Gerardo Grossi.

Na terça-feira, ele entrou com agravo regimental no TSE. Quer direito de resposta de qualquer jeito.

De olho

A OAB de Minas Gerais resolveu reinstalar a sua "Ouvidoria Eleitoral". Qualquer cidadão ou partido político pode encaminhar acusações de abuso de poder político, abuso de poder econômico, uso da máquina administrativa, propaganda eleitoral irregular ou corrupção. Basta acessar o site da entidade.

 é editora da revista Consultor Jurídico e colunista da revista Exame PME.

Revista Consultor Jurídico, 24 de julho de 2002, 17h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/08/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.