Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nota de apoio

OAB elogia intervenção federal no Espírito Santo

A Ordem dos Advogados do Brasil divulgou nota à imprensa sobre a intervenção federal no Estado do Espírito Santo. “Estamos convencidos de que esta é a hora de dar um efetivo basta à violência e à impunidade, sob pena de nos tornarmos todos reféns do terror”, disse o presidente da OAB, Rubens Approbato.

Veja a nota à imprensa

NOTA OFICIAL

A decisão do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH), de acatar o pedido de intervenção federal no Estado do Espírito Santo, reflete um momento histórico da vida brasileira. Embora a situação se prolongue há anos, à custa de inúmeras vidas humanas, nunca é tarde para que o governo federal imponha o estado democrático de Direito, restabeleça a ordem jurídica e resgate o respeito aos direitos humanos.

Foi em sintonia com a Seccional da OAB/ES, ao cumprimento de seus deveres institucionais, e sem qualquer interferência ou interesse de natureza político partidária, que o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil ingressou com o pedido de intervenção.

Estamos convencidos de que esta é a hora de dar um efetivo BASTA à violência e à impunidade, sob pena de nos tornarmos todos reféns do terror. Para isso, a violência precisa ser tratada de forma sistêmica, com determinação e coragem. Neste momento, a palavra de ordem, que vale para todo o País, é CORAGEM PARA MUDAR.

Rubens Approbato Machado

Presidente Nacional da OAB

Brasília, 4 de julho de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 4 de julho de 2002, 17h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.