Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Segurança pública

Costa Leite: seqüestro deve ser considerado um crime federal.

O seqüestro deve ser considerado um crime federal. A afirmação foi feita pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Paulo Costa Leite durante entrevista à rádio CBN do Rio de Janeiro. "Não interessa uma política local. O Rio de Janeiro ter uma política, São Paulo ter outra. Seqüestro é um crime que exige unidade de ação, então deve ser um crime federal", afirmou.

Uma lei federal anti-seqüestro seria um dos pontos de um debate mais amplo, defendido por Costa Leite, para a implantação de uma política de segurança pública no País. "Veja bem, isto é o que eu penso. Mas vamos debater, vamos discutir e vamos estabelecer uma política de segurança nacional. Vamos estabelecer planos e medidas a serem adotadas", comentou.

Segundo o ministro, os problemas da segurança pública estão diretamente relacionados com a falta de integração entre governo federal e os Estados.

Para Costa Leite, tudo isso implica em integração. "Caso não haja integração entre a União e as unidades federativas, não chegaremos a lugar algum. Se houver brigas entre o ministro da Justiça e os secretários de segurança e desentendimentos destes entre si, vamos continuar, lamentavelmente, a encarar este quadro que, infelizmente, faz com que a Nação viva no império do medo", ressaltou.

Revista Consultor Jurídico, 5 de fevereiro de 2002, 19h48

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/02/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.